Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

10 craques do futebol que encerraram a carreira após os 40 anos

Alguns jogadores deram um bom caldo mesmo com idade avançada

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Paolo Bruno/Getty Images

Vários craques do futebol não querem saber de largarem a carreira tão cedo, especialmente quando sentem que podem ajudar suas equipes.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Veja abaixo 10 craques do futebol que encerraram a carreira após os 40 anos:

Toninho Cerezo
O ídolo do Atlético-MG fez seu último jogo com profissional em 1997, aos 42 anos, com a camisa do próprio clube.

Paolo Maldini
O jogador, que atuou a vida inteira no Milan, fez sua última partida em 2009, com a camisa do clube, aos 41 anos.

Zé Roberto
Encerrou a carreira em 2017, aos 43 anos, com a camisa do Palmeiras, time que o contratou já aos 40 anos e o fez capitão e campeão da Copa do Brasil e do Brasileirão.

Ryan Giggs
O ídolo do Manchester United atuou apenas pelo clube e encerrou a carreira em 2014, aos 41 anos.

Rogério Ceni
O goleiro que ficou marcado por ter defendido apenas o São Paulo deixou o futebol em 2015, aos 42 anos.

Francesco Totti
O meia-atacante fez história ao defender apenas a Roma na carreira e se aposentou em 2017, aos 41 anos.

Rivaldo
O jogador rodou o mundo após o pentacampeonato pela Seleção Brasileira e se aposentou em 2014, no Mogi Mirim, aos 43 anos.

Dida
O goleiro chegou a se aposentar em 2010, mas voltou aos campos em 2012 e se aposentou em 2015, aos 42 anos, no Internacional.

Romário
O jogador foi artilheiro do Brasileirão aos 39 anos pelo Vasco, mas não quis parar por ali e rodou até chegar no América-RJ, time de coração de seu pai, para se aposentar em 2009, aos 43 anos.

Edwin Van Der Sar
O ídolo holandês fez história no Manchester United já no fim da carreira e se aposentou em 2011, aos 41 anos. O goleiro chegou a voltar aos gramados em 2016, aos 46 anos, mas fez apenas um jogo pelo modesto VV Noordwijk.

Leia mais:
Prisão, doações e negócios: o que estão fazendo os autores dos gols do Brasil na final da Copa das Confederações de 2005?