Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

5 goleiros muito contestados no futebol brasileiro

A vida do goleiro é sempre uma posição muito deliciada, única e de altos e baixos ao decorrer da carreira

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

Neste domingo (26/04), é comemorado o dia do goleiro, posição que é fundamental no futebol e que sem ele não tem jogo. Porém, neste momento iremos recuperar cinco goleiros que são contestados atualmente no futebol brasileiro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

1 – Muralha

Após surgir bem Figueireinse, Muralha chamou atenção do Flamengo e se transferiu para o time carioca. Teve um início promissor e chegou até a Seleção Brasileira, mas com o tempo caiu de rendimento e as falhas em jogos decisivos acabou gerando uma tremendo desconfiança, que chegou ao ápice na final da Copa do Brasil 2017, quando na decisão dos pênaltis se atirou sempre para o mesmo lado.

2 – Júlio Cesar

O goleiro revelado pelo Corinthians demorou para se tornar titular do Timão, fez boas partidas pelo alvinegro, mas nunca passou confiança pela torcida. Ficou marcado por tomar o 100º gol de Rogério Ceni e foi amplamente engolido por Cássio, que posteriormente virou ídolo do Corinthians. Júlio Cesar segue sua carreira no Red Bull Brasil.

3 – Denis

Caiu no colo do arqueiro a responsabilidade de substituir Rogério Ceni, mas acabou falhando. Um pouco pela pressão, insegurança e erros, sendo o principal uma expulsão em um jogo decisivo do Tricolor na Libertadores na fase de grupos, contra o The Strongest na Libertadores. Hoje, o goleiro tenta a redenção no Figueirense.

4 – Sidão

Mais um que não aguentou a pressão de substituir Rogério Ceni. Até que teve um bom início, mas cometeu diversos erros técnicos e virou alvo da torcida. Posteriormente, foi para o Goiás e acabou dispensado após falhas. Foi emprestado para o Vasco e no Gigante da Colina também falhou diversas vezes e acabou ficando marcado. Hoje também tenta reerguer a carreira no Figueirense.

Sidão em ação pelo São Paulo

5 – Paulo Victor

O goleiro até ano passado era titular do Grêmio, mas foi outro que não aguentou a pressão de substituir um ídolo, Marcelo Grohe, e falhou em momentos decisivos, por exemplo, na Libertadores contra o Flamengo. Essa foi a gota d’água para a torcida do Imortal, que não perdoa até hoje o arqueiro.

LEIA MAIS