Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cahill relembra passagem de Sarri no Chelsea e critica treinador: “perdi todo o respeito por ele no meio da temporada”

Zagueiro atualmente defende as cores do Crystal Palace

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Divulgação - Chelsea

Em entrevista ao Daily Mail, o zagueiro inglês Gary Cahill não poupou críticas ao seu ex-comandante no Chelsea, o italiano Maurizio Sarri, que atualmente está à frente da Juventus. Depois de sete anos defendendo as cores da equipe londrina, o experiente defensor optou por não renovar o contrato. Curiosamente, os dois deixaram o clube no mesmo intervalo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Segundo Cahill, algumas atitudes de Sarri fizeram com que ele perdesse o respeito pelo treinador.

“Na Copa do Mundo de 2018, a Inglaterra foi até à semifinal, o que me levou a perder grande parte de uma pré-temporada de um treinador muito agarrado às táticas. Comecei atrás e parece que nunca recuperei. Para ser brutalmente honesto, no meio da temporada perdi todo o respeito por ele, por coisas que ele fez. A relação perdeu-se e nuca mais foi recuperada”, afirmou o zagueiro.

Cahill ainda revelou que por ter muito respeito dos jogadores e ser uma figura influente no plantel dos Blues, preferiu não polemizar e criar um atrito nos bastidores com o treinador.

“Tinha muito respeito pelo clube e pelos jogadores. Eu era uma figura importante, o capitão, não podia destabilizar o vestiário. Tinha sido fácil para mim, mas não era a atitude correta”, concluiu o defensor.

Cahill defendeu o Chelsea em 291 partidas, tendo marcado 25 gols e conquistado oito títulos, entre eles o da Champions League na temporada 2012/2013.

LEIA MAIS: