Daniel Maldini não possui mais sintomas do coronavírus e fala da pressão de seguir o legado da sua família

Maldini afirma não sentir mais sintomas, mas manterá seus treinos dentro de casa

Leonardo Gontijo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/AC Milan

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista para a página oficial do Milan, o jovem Daniel Maldini tratou de vários assuntos.

A pressão de seguir o legado do pai, Paolo Maldini e como ele está se sentindo após ser diagnosticado com o novo coronavírus, são alguns deles.

O jovem atleta que anotou 9 gols em 15 partidas pela base do clube nesta temporada, começou a receber chances na equipe principal nesta temporada.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Como Maldini se sente após ser diagnosticado com o novo coronavírus

De acordo com o jovem atacante, ele não possui mais sintomas do coronavírus e vai retomar as suas atividades.

“Já me sinto bem. Não tenho mais os sintomas e voltei a fazer sessões individuais em casa”. afirmou

Pressão de seguir o legado da família Maldini

Daniel admite a pressão que é seguir o legado de seu avô, Cesare Maldini, e seu pai, Paolo Maldini, mas que está acostumado e preparado para a situação.

“O legado do meu avô e do meu pai é uma grande responsabilidade, mas estou desde mais jovem acostumado com essa pressão”.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Sensação de jogar no San Siro

Apesar de entrar no final do confronto contra o Hellas Verona na 22ª rodada da Série A, Maldini não escondeu sua emoção de estrear no San Siro.

“Estrear no San Siro foi uma sensação única, talvez a maior emoção que eu tive no futebol”.

Relação com Ibrahimovic

Apesar do atacante Zlatan Ibrahimovic colecionar polêmicas e ser conhecido por possuir um temperamento mais difícil, Maldini afirmou que tem uma boa relação com o atacante.

“Eu tenho uma relação muito boa com ele. Ele me dá várias dicas dentro e fora de campo”.

Seu maior ídolo no futebol

Seu pai, Paolo, é um dos maiores ídolos da história do Milan, mas Daniel falou de outro jogador que admira.

“Um dos meus maiores ídolos e exemplos sempre será o Ronaldinho Gaúcho”. concluiu Maldini

LEIA MAIS:

Jogadores do St.Pauli treinam em casa por conta do coronavírus

3 jogadores brasileiros que atuam no futebol uruguaio

5 jogadores famosos no Brasil, mas que nunca jogaram na Europa