Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Interessados em Chris Paul, Warriors ofereceram Curry e Klay Thompson no negócio em 2011

Dinastia dos “Splash Brothers” na liga esteve próxima de término quando o astro buscava um novo time

Alexandre Victor Lima Serafim
Fascinado por esporte.

Crédito: Getty Images

Maior dupla de arremessadores da história da NBA, Stephen Curry e Klay Thompson poderiam nunca ter atuado pela mesma equipe. A história foi retratada no novo livro de Ethan Strauss, do The Athletic, “The Victory Machine”, que conta o episódio bastante curioso. 

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Os Warriors trataram de transferir Stephen Curry e Klay Thompson por Chris Paul em 2011. Não foi a única vez que Curry esteve à venda, mas essa foi na que mais perto esteve de ir. Bob Myers, general manager e vice-presidente do time, fez a oferta a Dell Demps, general manager dos Hornets, e este estava receptivo”, conta a obra sobre a NBA.

“O problema foi Chris Paul, que queria ir dos Hornets, mas não estava disposto a comprometer-se com os Warriors. Paul disse a eles que, se fizessem a transferência, ele sairia ao final da temporada seguinte, quando acabava seu contrato”, continua.

Sucesso na NBA

A dupla permaneceu em Oakland, conquistando o título da NBA em três ocasiões. De quebra, ainda encerrou jejum de 40 anos, campeões da conferência Oeste durante cinco anos consecutivos. Ninguém na história da liga ganhou mais jogos em uma mesma temporada. Foram 73 vitórias e apenas nove derrotas na temporada 2015-16. 

A equipe não chegava à fase de Playoffs por seis anos consecutivos, desde sua fundação, em 1946. A franquia amarga a última posição na atual temporada da NBA, consequência direta das lesões de Klay e Curry nas finais do ano passado. 

Já Chris Paul, ao deixar o Hornets em 2011, se encaminhou para o Los Angeles Clippers, onde atuou até 2017. Na temporada passada, se juntou a equipe texana do Houston Rockets, sendo trocado, na temporada seguinte, para o Oklahoma City Thunder, onde atua no momento. Liderando uma sólida campanha, com o inesperado quinto lugar na Conferência Oeste.  

Figurando entre os maiores armadores de nossa geração, CP3 ainda carece de um anel de campeão, nunca disputando a série final em sua carreira. 

LEIA MAIS:

https://www.torcedores.com/noticias/2020/04/leonardo-colimerio-armador-brasileiro-universitaria-americana

https://www.torcedores.com/noticias/2020/04/raulzinho-felicio-caboclo-brasileiro-nba