Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Por onde andam os campeões espanhóis com o Atlético de Madrid em 2014

Alguns desses históricos jogadores do Atlético de Madrid, hoje vestem as camisas de clubes brasileiros

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: La Liga

O Atlético de Madri fez história ao vencer o Campeonato Espanhol em 2014, quebrando a hegemonia de Barcelona e Real Madrid. A última vez que isso havia acontecido foi em 2004, quando o Valência havia sido campeão, por isso, esse elenco entrou para a história do clube. Vale a pena destacar que o brasileiro Diego, hoje no Flamengo também fazia parte da equipe, mas deixou o time no meio daquele ano.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Courtois

Courtois pertencia ao Chelsea quando foi campeão do Campeonato Espanhol, titular em boa parte da competição, o goleiro belga ganhou grande destaque, ao final da temporada retornou ao Chelsea. Atualmente é jogador do gigante Real Madrid. Foi eleito melhor goleiro da Copa do Mundo de 2018.

Juanfran

Lateral que chegou ao Atlético de Madrid em 2011, já era um dos jogadores mais experientes do grupo naquele ano. Juanfran deixou o Atlético no começo de 2019 e, atualmente defende as cores do São Paulo.

Miranda

O brasileiro deixou o São Paulo em 2011, mas chegou como um reserva na equipe espanhola, porém, com o tempo ganhou destaque e se tornou titular. Em 2015, o zagueiro deixou o Atlético com destino a Inter de Milão, mas saiu do futebol Italiano em 2019, atualmente defende as cores do JS Suning, da China.

Godín

Um dos símbolos deste time, o zagueiro chegou ao Atlético em 2010 passou nove anos no clube até se transferir para a Inter de Milão, Godín é um dos principais jogadores da equipe italiana que vem tendo uma reestruturação.

Filipe Luís

O lateral desembarcou na Espanha em 2010, assumiu a titularidade da equipe, foi um dos pilares da defesa atleticana. Teve rápida passagem Chelsea em 2014, mas retornou ao Atleti, mas se despediu do time espanhol em 2019. Atualmente é jogador do Flamengo.

Gabi

Formado no cube espanhol, Gabi foi emprestado em diversas oportunidades. Se firmou no Atlético de Madrid em 2011, foi um dos principais jogadores no meio campo daquela equipe. O jogador saiu do clube em 2018 e atualmente joga no futebol árabe.

Tiago

O jogador chegou ao futebol espanhol em 2010, após fim do empréstimo, Tiago foi comprado junta a Juventus. O atleta permaneceu na equipe até 2017, ano em que se aposentou.

Turan

Turan também foi um dos jogadores que chegou em 2011, permaneceu até 2015, depois acertou com o Barcelona. Por lá, não foi aproveitado, foi emprestado. O jogador tem contrato com a equipe catalã até metade deste ano.

Koke

Muito identificado com a torcida atleticana, Koke é formado no Atlético de Madrid, subiu para a equipe principal em 2011 e está no clube até hoje.

Diego Costa

Brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa foi comprado pelo time colchonero em 2012, porém, teve passagens anteriores pelo Atlético. O jogador deixou a equipe no final daquela temporada, defendeu as cores do Chelsea e retornou em 2018 e está no Atlético até hoje.

Villa

David Villa chegou ao Atlético de Madrid, após passagem pelo Barcelona, porém, ficou no clube apenas um ano, depois do Atleti, jogou no Estados Unidos e encerrou sua carreira no futebol japonês, no inicio deste ano.

Diego Simeone

Simeone mudou a história do clube a curto prazo, fazendo com que a equipe se tornasse uma pedra no sapato de Barcelona e Real Madrid, os mais ricos da Espanha. Mas, não parou por aí, o clube se tornou também incomodo para outros gigantes europeus, como foi o caso do Liverpool, eliminado pelo Atleti nessa edição da Liga dos Campeões. Simeone chegou à Madri no final de 2011 e ainda segue como técnico da equipe.

LEIA MAIS:

10 títulos mineiros seguidos, nome no Guines Book, goleada de 7×2 no Atlético-MG: curiosidades do América MG

7 treinadores que ficaram muitos anos em um único clube

6 países em que a seleção feminina é melhor que a masculina

5 jogadores conhecidos no Brasil que se tornaram ídolos em países alternativos

Por onde andam os jogadores vice-campeões da Sul-Americana com o Goiás em 2010?