Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Arnaldo vê parcialidade em discussão entre Caio e Casagrande e diz que democracia é “assunto delicado e relativo”

Casagrande e Caio Ribeiro discutiram ao vivo sobre declarações de Raí

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Reprodução / SporTV

*Com colaboração de Leonardo Girotto

A discussão pública entre os comentaristas Caio Ribeiro e Walter Casagrande, ambos da Rede Globo, tomou conta do noticiário esportivo na última semana. Os ex-jogadores divergiram sobre a declaração de Raí, coordenador técnico do São Paulo, que fez duras críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). O Torcedores ouviu uma pessoa que vivenciou o jornalismo esportivo e conviveu com os protagonistas da polêmica.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Embora esteja aposentado desde o final de 2018, o ex-árbitro e ex-comentarista Arnaldo Cezar Coelho acompanhou o assunto e comentou. “Essa é uma discussão muito polêmica, porque democracia é um assunto muito delicado, porque é igual discussão de se foi ou não foi pênalti. Você pode ser muito honesto na opinião, mas tem uma certa parcialidade”, disse.

“Por exemplo, quando dois torcedores discutem se foi pênalti ou não, o torcedor do Corinthians vai dizer que sim e o do Palmeiras que não. Por mais honestos, eles estão envolvidos emocionalmente e a política é a mesma coisa. Se você estiver envolvido com um candidato ou com outro, vai ter sempre polêmica, e essa democracia é muito relativa. É o tipo de discussão que não leva a nada, é uma discussão que não tem vencedor nem perdedor, é desnecessária. Para mim foi uma coisa que tem que ser contornada e evitada em programas esportivos”, complementou Arnaldo.

Essa discussão aconteceu na edição da semana passada, dia 4, do programa “Bem, Amigos”, transmitido no SporTV, da televisão por assinatura. Mesmo com toda a repercussão do caso, a Rede Globo não comunicou punição aos comentaristas. Ambos estão participando normalmente da grade de programação da emissora durante a quarentena.

 

LEIA MAIS: