Dedé diz que ficou ‘balançado’ com oferta do Flamengo e comenta saída polêmica de Arrascaeta

Dedé era um desejo do Flamengo, mas gratidão ao Cruzeiro o fez recusar oferta

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores

Crédito: Cruzeiro Esporte Clube

Desde o rebaixamento do Cruzeiro, no Campeonato Brasileiro, o zagueiro Dedé prioriza sua recuperação de uma cirurgia no joelho direito, realizada no último dia 8 de março, no Rio de Janeiro. O futuro do defensor de 31 anos é incerto, já que muitos torcedores da Raposa o colocam como um dos responsáveis pela queda inédita para a Série B.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, Dedé relembrou uma proposta que recebeu do Flamengo, em 2019. O jogador alega que, por gratidão ao Cruzeiro decidiu ficar em Belo Horizonte. Além do Rubro-Negro, foi procurado pelo Lyon, da França.

Diferentemente de Dedé, Arrascaeta optou em mudar de ares e aceitou o convite do clube carioca. A maneira como o uruguaio deixou o Cruzeiro causou muita polêmica na ocasião.

“Podia ter deixado o Cruzeiro. Recebi uma proposta muito boa do Lyon e de um clube da Ásia. Por gratidão, fiquei no Cruzeiro. 2019 teve a situação do Flamengo. A proposta mexeu muito comigo. Estaria no Rio, um grande time, assim como o Cruzeiro, que também é gigante. O Arrascaeta saiu, e eu respeitei o desejo dele. Fiquei na minha. Ainda falam que sou ingrato, mercenário. Não tem lógica me chamar de ingrato e um monte de besteira que escuto na mídia. Cruzeiro cuidou e eu sou grato”, afirmou Dedé.

Dedé possui contrato com os cruzeirenses até dezembro de 2021. Assim como os demais, ele também sofreu redução nos salários em razão da grave crise que atravessa os mineiros.

LEIA MAIS: