Direção do Grêmio se manifesta sobre punições enfim divulgadas do Gre-Nal; Paulo Miranda reage na web

Vice-jurídico do Grêmio, Nestor Hein, avaliou as punições do Gre-Nal divulgadas pela Conmebol

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução

O Grêmio, através do seu diretor-jurídico Nestor Hein, “aceitou” o julgamento do Gre-Nal 424 pela Libertadores e sequer pretende recorrer do que foi sentenciado. Nesta sexta-feira, depois de uma longa demora, a Conmebol anunciou oficialmente as punições, jogos de suspensão e multas.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

No total, o tricolor terá de arcar com cerca de R$ 50 mil em multas. Quem pegou a pena mais pesada foi o zagueiro Paulo Miranda, que, com 4 jogos de gancho, só voltaria na fase de oitavas de final.

“Uma decisão que nos deixou ‘satisfeitos’. O Grêmio, em princípio, não vai entrar com recurso para tentar reverter”, avaliou Hein em entrevista à Rádio Gre-Nal.

As punições do Grêmio:

Pepê e Caio Henrique: um jogo cada + 1,5 mil dólares

Luciano: 3 jogos + 3 mil dólares

Paulo Miranda: 4 jogos + 3 mil dólares

As punições do Inter:

Victor Cuesta e Praxedes: um jogo + 1,5 mil dólares

Edenilson: três jogos + três mil dólares

Moisés: quatro jogos + três mil dólares

Paulo Miranda reage na web

Um dos principais pivôs da pancadaria, onde trocou socos e pontapés especialmente com Moisés, Paulo Miranda reagiu a um comentário de um torcedor nos comentários do Instagram da Rádio Pachola, formada por comunicadores gremistas.

Ele reagiu postando uma luva de boxe ao tricolor que disse: “Do jeito que ele mitou nesse jogo, a massa tricolor paga essa multa porque ele merece”.

Antes do fatídico Gre-Nal, Inter e Grêmiojá tinham disputado uma rodada válida pelo Grupo E. Em casa, o colorado venceu a Universidad Católica por 3×0, enquanto o tricolor fez 2×0 fora de casa contra o América de Cali. Ambos, portanto, dividem a liderança do Grupo E com quatro pontos.

A Libertadores, por conta da pandemia do coronavírus, ainda não ganhou prazo de retorno dado pela Conmebol.

LEIA MAIS:

Barrios revela que recusou proposta do Inter após conquistar a Libertadores de 2017: “Eu respeito o tricolor”

Bolzan ainda crê em acerto com Ferreira, mas adverte: “Aqui, estar em afirmação é diferente de estar pronto”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram