Futebol: 5 jogadores aleatórios que foram heróis em conquistas de títulos

Relembre alguns heróis bem improváveis da história do futebol

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

No futebol não é nada incomum vermos o mais fraco derrotando o mais forte ou o coadjuvante ofuscando a estrela, afinal, o esporte “é uma caixinha de surpresas”. Essa afirmação é comprovada em diversos momentos, como nas decisões de títulos, em que vários desconhecidos decidiram campeonatos. Por isso, o Torcedores relembrou de alguns desses jogadores aleatórios que foram heróis em conquistas de títulos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Éder – Portugal

A lista não pode começar sem o nome mais aleatório do futebol mundial. O nome do atacante era um dos mais questionados pela torcida e imprensa portuguesa. Isso muito em razão do desempenho pelo clube e até mesmo pela seleção portuguesa. Nem o mais fanático torcedor imaginaria que ele fosse o grande herói da Eurocopa de 2016, marcando o gol da decisão contra a França.


Betinho – Palmeiras

Contratado após a disputa do Campeonato Paulista de 2012, o centroavante tinha uma qualidade técnica bem questionável. Pelo São Caetano, seu último clube, foi apenas um gol marcado em oito partidas. As dúvidas se confirmaram logo nas primeiras apresentações no Verdão. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu ao dar uma chance como titular logo na decisão da Copa do Brasil. Deu muito certo, já que ele marcou o gol do título.

Amaral – Flamengo

O volante Amaral, aniversariante do dia, surpreendeu o país ao marcar um golaço, de fora da área, no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil de 2013. Esse gol empatou a partida diante do Athletico Paranaense e foi extremamente importante para o restante da decisão. O rubro-negro ergueu a taça na semana seguinte, após a vitória por 2 a 0. Vale destacar que essa foi a única vez em que o jogador balançou as redes com a camisa do Flamengo.

Márcio Araújo – Flamengo

Titular absoluto em todos os clubes por onde passa e questionado em todos. O volante havia acabado de ser contratado após quatro anos pelo Palmeiras. Surpreendentemente ou não, ele marcou o gol do título do Campeonato Carioca de 2014, diante do Vasco, aos 45 minutos do segundo tempo.

Adriano Gabiru – Internacional

Contratado em 2006 para compor elenco no Inter, o meio-campista se tornou herói da maior conquista da história do clube. Grande parte da torcida não se empolgava com o rendimento do jogador, que atuava com certa frequência entre os titulares de Abel Braga. Na decisão do Mundial de Clubes contra o Barcelona, Gabiru foi acionado no segundo tempo e marcou o gol da vitória cinco minutos mais tarde.

 

LEIA MAIS: