Gabigol festeiro, Edílson polêmico, grandes brasileiros em apuros e mais: as principais notícias do futebol desta terça-feira (12)

Confira as principais notícias do futebol desta terça-feira (12)

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Reprodução/Band

Mesmo com a paralisação do esporte brasileiro, as notícias de futebol continuam em alta nos principais veículos de imprensa. Aqui no Torcedores não é diferente e, por isso, separamos algumas novidades bem importantes que aconteceram nesta terça-feira (12).

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Atual comentarista da TV Band, o ex-atacante Edílson polemizou ao falar que jogou mais que Lionel Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo. De acordo com o ex-atleta, o trio precisaria ganhar uma Copa do Mundo para ultrapassa-lo no futebol.

Segundo uma matéria publicada pela colunista Fábia Oliveira, do O Dia, o atacante Gabigol tem realizado algumas “festinhas” mesmo com a quarentena em território nacional. Os vizinhos do flamenguista teriam reclamado dos barulhos provenientes de sua residência.

O ex-meia Ronaldinho Gaúcho continua em alta entre as principais personalidades do esporte. Desta vez foi Paul Scholes, ídolo do Manchester United, que elogiou a qualidade do brasileiro, destacando a vez em que ele quase acertou com o clube inglês.

Diante de todo o cenário da pandemia, a disputa da Copa Libertadores 2020 pode ser adiada para o ano que vem. Pelo menos foi isso que revelou Gonzalo Belloso, secretário-adjunto da Conmebol.

A diretoria do Santos comunicou que reduzirá o vencimento de alguns dos funcionários do clube durante abril, maio e junho. O comunicado foi emitido pelo e-mail corporativo do alvinegro, assinado pelo presidente José Carlos Peres.

Outro grande do futebol com problemas financeiros, o Atlético-MG confirmou que tem salários atrasados. O presidente Sérgio Sette Câmara informou que o Galo tem tido dificuldades para honrar com os compromissos durante a quarentena por conta do Covid-19. Clube também confirmou três novos suspeitos de contrair o vírus.

LEIA MAIS: