Tricolor de coração, Fernando Prass relembra com carinho início no Grêmio e mantém lamentação por passagem no clube

Atual goleiro do Ceará é gaúcho de Viamão e esteve no elenco do Grêmio entre o final da década de 90 e início dos anos 2000

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Não fosse o brilhantismo de Danrlei resguardando as traves tricolores, Fernando Prass poderia ter complementado ainda mais o seu sonho. Chegar ao profissional do clube do coração ele até chegou, mas faltou fazer uma partida entre o final da década de 90 e início dos anos 2000 no Grêmio.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Sem muito espaço, ele logo foi vencer o país jogando em clubes como Francana e Vila Nova até se firmar no Coritiba a partir de 2002. Ele lamenta não ter jogado pelo tricolor gaúcho, mas reforça o seu bonito sentimento pelo clube:

“Eu era gremista desde pequeno, meu sonho era atuar no clube do meu coração. Cresci com este sonho. Infelizmente, não consegui fazer um jogo no profissional”, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Ele já estava no clube e relembra como viveu o título brasileiro de 1996, até hoje o último nacional do Grêmio.

“Lembro do título brasileiro (do Grêmio de 1996), ficava na concentração, debaixo das cadeiras do Olímpico, e na hora do gol do Aílton começou a tremer tudo. Lembro da convivência com a rapaziada da base, Polga, Rodrigo Gasolina, Gral… Tem uma galera”.

Prass: idolatria no Palmeiras e presente no Ceará

Prass viveu o grande momento da carreira em sete anos no Palmeiras, onde venceu títulos grandiosos como a Copa do Brasil e o Brasileirão. Ele deixou o clube no final do ano passado.

Com 41 anos, o goleiro gaúcho de Viamão atua desde janeiro no Ceará, onde era o titular até a parada geral do coronavírus.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Barrios revela que recusou proposta do Inter após conquistar a Libertadores de 2017: “Eu respeito o Grêmio”

Lucas Leiva coloca a família para rever a Batalha dos Aflitos e vibra com defesa de Galatto: “Vamos Grêmio”

Bolzan desfaz mito sobre Renato, chama jogador do elenco de “craque” e fala até de Walter

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram