Soteldo jogou? E Sasha? Você lembra da última escalação do Santos antes da paralisação?

Após vencer na Libertadores, o Santos foi ao Morumbi enfrentar o São Paulo em clássico pelo Paulistão

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ivan Storti/ Santos FC

Há pouco mais de dois meses, na noite do sábado dia 14 de março, o time do Santos subiu a serra do mar para enfrentar o São Paulo no estádio do Morumbi, em clássico válido pela décima rodada do Campeonato Paulista, o último jogo antes da paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Como a orientação de médicos e profissionais de saúde é pelo distanciamento social de modo a evitar a disseminação ainda maior do contágio pela doença, o “San-São” foi realizado sem a presença de público. E mesmo saindo na frente do placar, os santistas sentiram a expulsão do volante Jobson no fim do primeiro tempo, não suportaram a pressão e acabaram levando a virada na etapa final.

Quatro dias antes, o Santos havia vencido o Delfín (EQU) por 1 x 0 na Vila Belmiro, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, e foi ao Morumbi disposto a garantir matematicamente a vaga nas quartas de final do Paulistão, o que não aconteceu.

Apesar de criar poucas oportunidades no primeiro tempo, o time do técnico português Jesualdo Ferreira inaugurou o marcador com gol do atacante Arthur Gomes aos 29 minutos, após troca de passes envolvente entre Felipe Jonatan, Carlos Sánchez e Pará. Porém, quase nos acréscimos, o volante Jobson acabou sendo expulso ao fazer falta violenta em Daniel Alves.

Com um jogador a menos, o Santos foi bastante pressionado pelo rival na etapa final, que voltou com o atacante Pablo no lugar do zagueiro Bruno Alves. O jogador não marcava gol havia nove partidas e, inspirado, teve grande atuação e anotou os dois gols da virada tricolor por 2 x 1, aos sete e 21 minutos.

Dentro do Morumbi vazio, o Peixe entrou em campo com Everson, Pará, Luan Peres, Lucas Veríssimo e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Soteldo, Arthur Gomes e Yuri Alberto. No segundo tempo entraram Evandro, Taílson e Madson nos lugares de Sánchez, Soteldo e Yuri, respectivamente.

Mesmo com o revés na última partida antes da paralisação, o Santos se manteve como líder do Grupo A do Paulistão com 15 pontos, cinco acima de Água Santa e Oeste, que dividem a segunda colocação, restando duas rodadas para o encerramento da primeira fase da competição estadual.

No último jogo antes da paralisação, o Santos foi derrotado de virada pelo São Paulo dentro do Morumbi com portões fechados (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

No último jogo antes da paralisação, o Santos foi derrotado de virada pelo São Paulo dentro do Morumbi com portões fechados (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

LEIA MAIS

Soco no ar, dancinhas e mais: comemorações marcantes que todo torcedor do Santos lembra

Você lembra de todos os gols do Santos na temporada?

Monte o melhor Santos de todos os tempos só com ídolos do clube

Você lembra o placar desses jogos do Santos em 2020? Faça o teste!