Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Laudrup, Kaká e mais: veja os camisas 10 de todas as seleções campeãs da Copa das Confederações

Competição foi extinta em 2017, mas já contou com nomes importantes

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Alex Livesey/Getty Images

A Copa das Confederações já não existe mais, mas apresentou jogadores em grande fase para o mundo, especialmente por ser um ano antes das Copas.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

O torneio falou como evento-teste para os Mundiais e foi extinto em 2017, mas foi responsável por grandes jogos e atuações de craques para o futebol mundial.

Por isso, com base na camisa mais mística do futebol, o Torcedores lista quem foram os camisas 10 de todas as seleções campeãs da Copa das Confederações:

1992 – Diego Simeone – Argentina
O volante tinha 22 anos na época e defendia o Pisa, da Itália. Saiu após a competição para o Sevilla.

1995 – Michael Laudrup – Dinamarca
O meia dinamarquês tinha 29 anos e estava em sua temporada de estreia pelo Real Madrid.

1997 – Leonardo – Brasil
O jogador que começou como lateral já era um meia famoso na Europa e estava no fim de sua passagem pelo PSG aos 28 anos. Estava a caminho do Milan.

1999 – Cuauhtémoc Blanco – México
O atacante mexicano tinha 26 anos e era o principal jogador do América do México. Saiu após o torneio para o Valladolid, da Espanha.

2001 – Éric Carrière – França
Menos conhecido da lista, o meia era titular do Lyon em sua primeira temporada no clube e assumiu a camisa 10 que seria de Zidane, que pediu dispensa da seleção francesa. Tinha 28 anos.

2003 – Ludovic Giuly – França
O atacante tinha 27 anos na conquista do título da França em que fardou a camisa 10 e ainda era jogador do Monaco. No ano seguinte foi para o Barcelona.

2005 – Ronaldinho Gaúcho – Brasil
Melhor jogador do mundo no período, o brasileiro tinha 25 anos na conquista da Copa das Confederações e brilhava no Barcelona.

2009 – Kaká – Brasil
Melhor do mundo dois anos antes, Kaká brilhou como camisa 10 em 2009, foi Bola de Ouro, mas sofreu com lesões logo depois. Tinha 27 anos e defendia o Real Madrid.

2013 – Neymar – Brasil
O jogador disputava sua primeira competição com o número e foi bem. Tinha 21 anos e ainda atuava pelo Santos, mas estava vendido ao Barcelona.

2017 – Kerem Demirbay – Alemanha
O meia alemão foi o camisa 10 do time B da seleção que conquistou a última edição da Copa das Confederações. Era titular do Hoffenheim e tinha 24 anos. Atualmente defende o Bayer Leverkusen.

Leia mais:
Ídolo do Guarani marcou gol que se tornaria histórico para o clube em 1986, mas São Paulo acabou com festa

As melhores notícias de esportes, direto para você