Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Veja a linha do tempo da disputa judicial entre Santos e Barcelona por “caso Neymar”

Santos perde a disputa para o Barcelona em tentativa de indenização na venda de Neymar

Rafael Vieira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Leandro Amaral/Divulgação Santos FC

A disputa judicial entre Santos e Barcelona começou em 2015, quando o Santos foi até a Fifa contra o Barcelona, já que entendia que tinha direito a receber mais do que já havia recebido pela transferência do craque Neymar para o clube catalão.

Dessa forma, a diretoria do Santos acreditava que havia sido lesado e teria direito a um valor maior na negociação. Inicialmente, o clube catalão havia dito que teria pagado cerca de 57 milhões de euros na compra do brasileiro, mas reconheceu posteriormente que o custo da contratação passo os 86 milhões de euros.

2016

Um ano após o Santos ter entrado na justiça, o Barcelona foi multado e teria que pagar 6 milhões de euros para a Fiscalia espanhola. Entretanto, ainda haviam outras pendências para serem resolvidas. A justiça espanhola recebeu uma denúncia formal por parte da DIS contra Neymar, a família do jogador e membros da diretoria de Santos e Barcelona por corrupção. Dessa forma, a DIS pedia uma  indenização entre 159 e 195 milhões de euros (R$ 571 a 700,3 milhões) em função da transferência de Neymar para o Barça em 2013.

Além disso, o fundo de investimento solicitou a prisão de Neymar, do presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, e seu antecessor, Sandro Rosell. Vale lembrar que o Barcelona ainda não teria que pagar nada para o Santos.

2017

Em julho de 2017, a justiça determinou que o Barcelona pagasse R$ 7,3 milhões para o Santos. Entretanto, o Santos questionou o valor, já que acreditava que teria que ter recebido mais. Por outro lado, o time catalão também se recusou a realizar o pagamento.

2018

No início de 2018, o Barcelona sugeriu um acordo ao Santos e ao DIS. No entanto, as negociações não avançaram, principalmente por parte do DIS. Dessa forma, o caso continuou se estendendo na justiça.

2019

Durante o ano de 2019 não ocorreram muitos avanços nas conversas e no caso. Entretanto, ficava cada vez mais claro que o Santos dificilmente receberia a tão deseja indenização.

2020

Hoje, o Barcelona anunciou que saiu ganhador contra o Santos no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). Além disso, o Santos ainda foi condenado a pagar ao Barça 20 mil francos suíços (R$ 112,7 mil na cotação atual) pelos custos do processo.

O clube da Vila Belmiro também aguarda compensações financeiras do Barcelona quanto ao segundo amistoso combinado entre os clubes (que nunca aconteceu) e quantias referentes a indicação do atacante entre os melhores jogadores do mundo, em 2017.

LEIA MAIS:

La Liga: Rodada 35 começa nesta terça; veja como está a disputa

Veja quem é Milinkovic-Savic, que está na mira do Chelsea

5 vezes que Juninho Pernambucano se posicionou politicamente

 

 

As melhores notícias de esportes, direto para você