Lamar Jackson fala sobre desconforto em perder nos playoffs: “Estou cansado de ir para casa”

Em entrevista ao Pro Football Talk, Lamar Jackson destacou mensagem que LeGarrette Blount o enviou sobre partidas eliminatórias

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O Baltimore Ravens sofre com uma sina nas últimas temporadas. Após boas campanhas no calendário regular, a franquia não consegue vencer nos playoffs. Lamar Jackson, quarterback titular da equipe, falou sobre a situação em entrevista ao portal Pro Football Talk. As declarações foram dadas no último domingo (02).

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Ao ser perguntado pelo repórter Peter King, Lamar Jackson destacou que a falta de vitórias nos playoffs o atormenta. “Eu penso muito nisso para ser sincero. É onde eu quero estar. É quando tudo se torna… crucial. É difícil. Lembro que o LeGarrette Blount me mandou uma mensagem no Instagram dizendo: ‘Olha, os playoffs são diferentes da temporada regular.’ E eu disse que não. Mas são, porque é ganhar ou ir para casa. E estou cansado de ir para casa. Eu quero voltar para aquele lugar e ter um outro nível de desempenho”, comentou Lamar Jackson, quarterback titular da equipe de Maryland.

Histórico

Na faculdade, Lamar Jackson jogou pelo Louisville Cardinals. Foi escolhido pelo Ravens no Draft NFL 2018. Nas duas temporadas em que atuou, foi para o playoffs. Em 2019, perdeu para o Los Angeles Chargers. Já em 2020, após ser eleito Most Valuable Player (MVP, melhor jogador/atleta mais valioso do ano corrente) da temporada regular, sucumbiu ante o Tennessee Titans.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL