Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-Corinthians e Fluminense, Henrique é o novo reforço de clube português

Henrique assinou contrato com o Belenenses até junho de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Figueiredo /CBF

O Belenenses, enfim, confirmou a contratação do zagueiro Henrique. O jogador, que tem 33 anos, integrou o grupo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014. À primeira vista, ele vinha negociando com os dirigentes portugueses desde o início de maio. O acordo foi anunciado nesta sexta-feira através das redes sociais do clube.

Siga o Torcedores também no Instagram

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Antes de acertar com o Belenenses, Henrique estava treinando com um preparador de alta performance afim de aprimorar o condicionamento físico. Afinal, ele estava inativo há nove meses após deixar o Al Ittihad, dos Emirados Árabes. Mas o zagueiro deverá estar pronto para estrear contra o Vitória de Guimarães, dia 18, pelo Campeonato Português.

A contratação de Henrique está dentro do planejamento do presidente do Belenenses, Rui Pedro Soares, de contratar alguns atletas mais experientes e que possam dar mais peso ao time na temporada 2020/2021. Pelas características, qualidade e carreira vitoriosa do zagueiro, o clube fez todo o esforço para leva-lo para Lisboa.

Henrique chega como uma grande referência para o principal objetivo do Belenenses na temporada, que é conseguir classificação para a Liga Europa. O jogador assinou contrato até junho de 2022. Além disso, o acordo com o time português prevê a extensão do vínculo por mais uma temporada e gatilhos por produtividade.

A carreira de Henrique

Colecionador de títulos ao longo da carreira, Henrique Adriano Buss nasceu em Marechal Cândido Rondon, no Paraná. O zagueiro foi revelado pelo Coritiba em 2006. Posteriormente, ele atuou por Palmeiras, Bayer Leverkusen, Racing Santander, Palmeiras, Napoli, Fluminense, Corinthians e Al Ittihad.

Pela Seleção Brasileira, foi convocado pela primeira vez pelo técnico Dunga para o amistoso contra a Venezuela em junho de 2008. Posteriormente, ele voltou a ser lembrado por Luiz Felipe Scolari para os jogos contra o Chile, Portugal, Zâmbia e Panamá. Além disso, integrou o grudo do Brasil que fracassou na Copa do Mundo de 2014.

Ao longo da carreira, Henrique conquistou nove títulos: Supercopa da Itália (2014), Copa da Itália (2013/2014), Copa do Brasil (2012), Série B do Campeonato Brasileiro (2007 e 2013), Copa da Primeira Liga (2016) e o Campeonato Paulista (2008, 2018 e 2019).

LEIA MAIS: