Jesus revela quantos jogadores do Flamengo testaram positivo para Covid-19 durante seu período no clube

Ex-treinador do Flamengo precisou lidar com problemas causados pela pandemia

Bruno Romão
23 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal - Flamengo

Jorge Jesus revelou quantos casos de Covid-19 foram registrados no elenco durante seu período no Flamengo. Antes de retornar ao Benfica, o treinador teve que encarar o processo de quarentena, e retornou aos trabalhos precisando seguir os protocolos de segurança com ainda mais rigor, já que pertence ao grupo de risco. Sendo assim, ele revelou o número de testes positivos antes da sua saída, situação que se repetiu nos Encarnados com o goleiro Svilar.

“O futebol deu um exemplo muito grande de como conviver com a pandemia. Há três questões: testar, prevenir e isolar. Isto, para mim, não é nada de novo. No Flamengo, tive 11 jogadores (positivos) É testar e depois isolar. Não tem problema nenhum, desde que as coisas sejam bem feitas e os protocolos sejam cumpridos. O Benfica testa os jogadores três vezes por semana. Montamos uma comunidade, de 100 pessoas, onde todos são testados e todos estamos tranquilos. Se houver um caso, todos somos testados”

“Para o jogador é um problema porque não pode treinar duas ou três semanas. Se for mais três ou quatro, é um problema para nós, pois ficam todos sem poder jogar. De resto, é testar“, declarou em coletiva de imprensa.

Depois do seu desligamento, novos casos continuaram sendo registrados no Flamengo. Recentemente, Diego Alves, João Lucas e César testaram positivo, e o clube segue monitorando a situação do elenco, visando evitar um novo contágio em massa no plantel.

LEIA MAIS