Galvão lamenta demissão de Luxa e questiona elenco do Palmeiras: “Tem toda essa qualidade?”

Narrador acredita que a fase do Palmeiras não se deve apenas ao trabalho de Luxemburgo

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução/TV Globo

Em participação no programa “Seleção SporTV“, Galvão Bueno avaliou a demissão de Luxemburgo. Sendo assim, o narrador acredita que o treinador não é o único culpado pela péssima fase do Palmeiras. Portanto, ainda opinou sobre quem irá ocupar o cargo que está vago, cogitando um retorno de Felipão, sem clube desde que foi desligado do Verdão em 2019.

“Será que o problema sempre que o clube não joga direito é do treinador? Achei a postura do time ontem meio sem vontade, sem necessidade de vitória logo depois de perder a invencibilidade, de ver tabu quebrado. Os três grandes técnicos da história do Palmeiras foram Oswaldo Brandão, Felipão e Luxemburgo. O que será esse técnico para jogar da forma que o torcedor tem orgulho? Será um especialista em mata-mata? Quem foi o maior deles que passou pelo Palmeiras? Ele tinha um futebol moderno? Mas o Luxemburgo não conquistou o Paulistão depois de doze anos? E quem foi campeão brasileiro antes disso com o Palmeiras. Eu tenho a sensação de Felipão de volta”, declarou.

Além disso, Galvão questionou o atual elenco palmeirense. Dessa forma, analisou que existe uma “lotação” de meio-campistas no atual plantel alviverde.

“Será que não se supervalorizou esse elenco? Foi bem montando esse elenco e tem toda essa qualidade? Eu fico em dúvida (…) Tem um depósito de meias, está lotado. O Palmeiras tem centro de distribuição de meio-campistas. Elenco não são números e nem nomes, é aquilo que funciona”, expressou.

LEIA MAIS