Mancini comemora estreia com vitória, mas pondera: “Ainda distante do que julgo ideal”

Vagner Mancini fez questão de elogiar a atuação do goleiro Walter, substituto do suspenso Cássio, na vitória do Corinthians

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Corinthians

Em sua estreia como técnico do Corinthians, Vagner Mancini comemorou a vitória por 1 a 0 sobre o Athletico Paranaense, mesmo com um jogador a menos após a expulsão do zagueiro Bruno Méndez, aos 30 minutos do segundo tempo. Após a vitória, o treinador comemorou os três pontos, mas destacou que a atuação ainda está longe do ideal.

“Não tenha dúvida que significou muito[a vitória na estreia]. Era o que buscávamos depois de um começo de primeiro tempo bom. Tivemos mais a posse de bola, incomodamos mais o Athletico. No segundo tempo não, demos muito campo na iniciação deles. Foi o primeiro jogo, serve como laboratório, análise. Para ver o que tem que ser consertado. Uma vitória que nos traz paz, foi extremamente comemorada no vestiário, sabemos o quanto foi difícil. Fizemos o gol e levamos pontos valiosos nessa luta para sair dessa situação desconfortável”, avaliou.

Mancini destacou que teve pouco tempo para trabalhar a equipe antes da partida contra o Athletico. “Difícil saber ao certo o que já mudou. O que vai mudar eu posso dizer: a maneira de jogar, que marque melhor, mais velocidade, agressivo. Mas é cedo para exigir isso dos atletas. O que vi hoje foi uma dedicação fora do normal que tem que existir numa marca como a do Corinthians. Ainda distante do que julgo ideal.”

“Cheguei há dois dias. Tem muita coisa a ser feita. A cara do Corinthians tem que ser mudada, não está bom ainda. Foi muito importante a vitória. Vindo vitória, você consegue elaborar mudanças de forma mais rápidas. Derrota você sofre, abala o emocional. Importante que o otimismo volte e a capacidade de realizar seja a melhor possível”, completou.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

ATUAÇÃO DE WALTER:

— Walter fez um belo jogo. Foi o melhor em campo disparado, na minha opinião. Liderança, boas defesas. É tudo muito cedo. Tudo muito novo. Temos que analisar todas as possibilidades. Cássio é um grande goleiro. Temos dois ou até quatro bons goleiros, quando for necessária a troca, vamos ter. Mostra qualidade do elenco.

ENTRADA DE XAVIER:

— Não tenha dúvida de que a gente sabe o que está acontecendo em outros clubes. E antes da minha chegada, eu vi alguns jogos do Corinthians, vi a entrada do Xavier. Fiz um treino ontem (terça) à tarde onde eu no plano tático fiz a entrada de vários jogadores. Quando ele entrou, demonstrou que realmente poderia ser útil nessa função. Dentro do que fiz no treino, só comprovou o que tinha de impressão de fora. Segui à risca a minha intuição e fiquei muito satisfeito.

DUELO CONTRA O FLAMENGO:

– É um jogo de gigantes. O Flamengo vem há cerca de um ano com um excelente time, jogando bem, altamente ofensivo. Mas é um duelo de gigantes. Corinthians nestes momentos tende a crescer. Vou intimidar meus atletas para que eles possam melhorar em todos os sentidos: aspectos emocional, parte tática, técnica e física não temos tempo. Mas no emocional talvez a gente consiga tirar algo extra. Jogo duríssimo para medir em que estágio estamos no campeonato.

Com 18 pontos conquistados, o Corinthians é o 14º colocado na tabela de classificação. A equipe comandada por Vagner Mancini agora se prepara para enfrentar o Flamengo, nó próximo domingo (18), às 16h (de Brasília), em jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão.

LEIA MAIS:
Athletico 0 x 1 Corinthians: assista ao gol do jogo válido pelo Brasileirão
Recuperado da Covid, Neto detona jogadores do Corinthians e manda recado para quem achou que ele iria morrer

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes