Meia francês não se empolga com fase de Neymar: “Está a anos-luz de Pelé e Ronaldo”

Líder do Brasil em mais um ciclo de Copa, Neymar mira o título do Mundial de 2022

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Após passar em branco na primeira rodada das Eliminatórias, Neymar brilhou contra o Peru. Em Lima, o camisa 10 anotou três gols no triunfo por 4 a 2 do Brasil, mostrando que sua fase é a melhor possível. Porém, na visão de Mathieu Valbuena, meia do Olympiacos, o atacante ainda está distante de Pelé e Ronaldo, apesar de ter ultrapassado o Fenômeno no ranking de artilheiros da Seleção.

“O Brasil revelou jogadores fantásticos, lendas. Acho que o que falta ao Neymar é conquistar grandes títulos. Ele ganhou apenas uma Liga dos Campeões com o Barcelona. Pudemos ver na reta final (da Champions 2019/2020), ele não agiu como esperávamos. Especialmente na final, onde não foi nada bem. Está muito longe, a anos-luz de Pelé e Ronaldo”, declarou à rádio “RMC Sport“.

Diante disso, Valbuena acredita que Neymar precisa brilhar fora do Campeonato Francês. Portanto, em sua visão, se o brasileiro quiser atingir o patamar de Pelé e Ronaldo, o camisa 10 precisa se destacar nos grandes jogos.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Ele brilha na Ligue 1, mas não esperamos que o Neymar brilhe na Ligue 1. Se ele quer se aproximar desse tipo de jogador, deve ser muito mais regular e eficiente nos grandes jogos”, completou o ex-jogador da seleção francesa.

LEIA MAIS