Empresário revela rescisão de Anderson Silva com UFC

Site anunciou que ‘Spider’ não é mais contratado do Ultimate; Dana White contesta e diz que brasileiro está ‘aposentado’

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Anderson Silva não é mais lutador do UFC. O site MMAFighting noticiou nesta quinta-feira (19) que o contrato do ‘Spider’ com a organização foi rescindido e que o brasileiro agora estaria livre para lutar por outra organização.

Segundo fontes ligadas aos dois lados, a rescisão de contrato entre Anderson e o Ultimate foi de ‘forma mútua’. Ao Combate, o empresário do ex-campeão dos pesos-médios, Jorge Guimarães, confirmou tal versão para o acordo que, a princípio, é verbal.

No final de outubro, Anderson SIlva foi derrotado por Uriah Hall naquela que foi anunciada como sua última luta no UFC e no MMA, com o brasileiro anunciando o fim de sua carreira em entrevistas e nas redes sociais. Na notícia da atual rescisão, Guimarães disse que não há total certeza se o brasileiro irá seguir seu caminho em outra organização ou não.

Dana White contesta rescisão de Anderson

No entanto, seu futuro ex-chefe decidiu contestar a noticiada rescisão de Anderson Silva. Ao TMZ, Dana White declarou que o ‘Spider’ ainda está sob contrato com o Ultimate, ao qual tem apenas uma luta restando em seu vínculo. E reiterou que o brasileiro está ‘aposentado’ e, portanto, não deve lutar tão cedo pela organização.

LEIA MAIS

Deiveson espera ‘show’ para manter viva categoria dos moscas do UFC

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)