Jornal Olé cita polêmica após gol anulado em Palmeiras x River Plate: “incrível”

Gol de Montiel foi anulado durante o segundo tempo de Palmeiras x River Plate

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução

Válido pela semifinal da Libertadores e realizado na noite desta terça-feira (12), o confronto Palmeiras x River Plate teve lance polêmico, no estádio Allianz Parque. É o que publicou o jornal argentino Olé.

O lance em questão citado pelo periódico é o gol de Montiel, marcado no começo do segundo tempo, mas que foi anulado após a arbitragem de vídeo, o VAR, detectar um impedimento na origem da jogada. Este seria o terceiro gol do River Plate, o que levaria o confronto para a disputa de pênaltis.

“Montiel marcou o terceiro para o River, mas o árbitro, após revisão do VAR, marcou impedimento de Borré na origem da jogada. Polêmica em um jogo emocionante, em São Paulo”, publicou o Olé.

Dentro de campo, a partida acabou 2 a 0 para o River Plate. O resultado classificou o Verdão para a final da Libertadores.

imagem: reprodução/Olé

imagem: reprodução/Olé

Cenário poderia ser diferente

O atual cenário da partida poderia ser diferente. Isso porque, aos nove minutos, o atacante Rony perdeu um chance clara de gol.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ele ficou cara a cara com o goleiro Armani, mas tentou driblar o adversário argentino e foi desarmado.

Ficha técnica – Palmeiras x River Plate

Data: 12 de janeiro de 2021 (terça-feira)

Motivo: Libertadores (fase semifinal – segundo jogo)

Local: estádio Allianz Parque (São Paulo/SP)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha (Kusevic), Gustavo Gómez (Luan), Alan Empereur e Viña; Danilo (Raphael Veiga), Gabriel Menino, Zé Rafael (Emerson Santos) e Gustavo Scarpa (Breno Lopes); Rony e Luiz Adriano – treinador: Abel Ferreira

River Plate: Armani; Montiel, Rojas, Pinola (Girotti), Paulo Díaz e Angileri (Casco); Enzo Pérez, Nacho Fernández e De la Cruz (Julián Álvarez); Matías Suárez e Borré – treinador: Marcelo Gallardo