Marcelo Chamusca: tática, times, títulos e mais da carreira do novo técnico do Botafogo

Marcelo Chamusca assinou contrato com o Botafogo até dezembro de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Arquivo pessoal /Instagram

Marcelo Chamusca, novo técnico do Botafogo, foi contratado com a missão de reconduzir a equipe a Série A do Campeonato Brasileiro. Ex-jogador, ele se destacou pelas passagens como treinador do Fortaleza, Paysandu, Ceará e Cuiabá.

Ao longo da carreira, Marcelo Chamusca se notabilizou por montar equipes com defesas sólidas, valoriza o toque de bola, pelo meio, volantes e meias trabalhando bem a bola com os pontas e buscando sempre p melhor espaço para criar a jogada perfeita de gol.

Leitor torcedor cuida da saúde pagando pouco!

O treinador tem o hábito de escalar seus times no sistema 4-2-3-1. Debaixo das traves, ele gosta de goleiro seguro, eficaz e que não enfeite demais as jogadas. Posiciona os jogadores para atuar de forma compactada e marcando por zona.

Os laterais de Marcelo Chamusca têm papel fundamental na equipe. O técnico gosta de jogadores versáteis para atacar, mas não abre mão de atletas que sejam comprometidos com a parte defensiva, fechando o meio-campo e dando apoio à linha defensiva.

Pelas pontas, Chamusca gosta de escalar atacantes de origem. Um mais veloz, o outro mais técnico. Além disso, gosta de utilizar centroavante que não atue fixo na área, o falso 9 tem a obrigação de jogar como pivô servindo os companheiros e que chame a atenção dos rivais.

A carreira de Marcelo Chamusca

Marcelo Chamusca, volante, foi revelado pelo Bahia. Ele, inclusive, integrou o elenco comandado Evaristo de Macedo na conquista do Campeonato Brasileiro de 1988. Contudo, não teve muito espaço para atuar em um time que tinha o intocável Paulo Rodrigues.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

Apesar de ser considerado um jogador promissor, Marcelo Chamusca não conseguiu vingar com a camisa tricolor. Posteriormente, atuou pelo Camaçari, Galícia, Treze e Colatina. No entanto, teve uma carreira de pouco destaque como jogador.

Foi como treinador, entretanto, que Marcelo Chamusca começou a escrever seu nome no cenário nacional. Ele iniciou a carreira comandando a equipe Sub-17 do Vitória em 1993. Nesse ínterim, revelou jogadores como Dida, Rodrigo, Júnior, Vampeta, Paulo Isidoro e Alex Alves.

Após alguns anos trabalhando com seu irmão, o também técnico Péricles Chamusca, que teve rápida passagem Botafogo em 2005. Marcelo comandou 12 clubes brasileiros e iniciou a carreira no Vitória da Conquista na temporada de 2012

Posteriormente, ele passou pelo Salgueiro, Fortaleza, Atlético-GO, Sampaio Corrêa, Guarani, Paysandu, Ceará, Ponte Preta, Vitória-BA, CRB e Cuiabá. Marcelo Chamusca, inclusive, se tornou o primeiro treinador a conseguir acesso em todas as divisões do futebol brasileiro.,

Nesse ínterim, subiu o Salgueiro, em 2013 da Série D para a Série C; o Guarani, em 2016, da Série C para a Série B; o Ceará, em 2017, da Série B para a Série A. Por isso, o Botafogo decidiu apostar em um treinador acostumado a formar equipes para brigar pelo acesso.

Os títulos de Marcelo Chamusca

Marcelo Chamusca conquistou quatro títulos ao longo da carreira. Em 19 anos, só para exemplificar, levantou as taças da Copa Verde com o Cuiabá em 2019, o Paraense pelo Paysandu em 2017 e o Cearense por Fortaleza e Ceará em 2015 e 2018, respectivamente.

LEIA MAIS:

Rádio: Com contrato perto do fim, jogador do Avaí recebe proposta do Botafogo

Botafogo mira a contratação de zagueiro do Atlético-GO, diz rádio 

Rádio: Botafogo se aproxima da contratação de lateral-direito do Coritiba 

Botafogo negocia a contratação de atacante do Coritiba, diz rádio 

Sem espaço no Botafogo, Guilherme Santos negocia transferência para clube gaúcho 

Botafogo encaminha contratação de jovem volante do Grêmio para 2021