Ex-volante do Corinthians é oferecido ao Botafogo, mas não empolga diretoria alvinegra; saiba os detalhes!

Renê Júnior está livre desde agosto do ano passado após ser dispensado pelo Coritiba

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Corinthians

Oferecido para alguns clubes brasileiros após ter deixado o Bahia, o volante Renê Júnior tem seu nome comentado também no Botafogo. A informação foi divulgada primeiramente pelo canal “InfoBotafogo” e posteriormente confirmada pelo Torcedores.com.

A reportagem apurou que o empresário do jogador, Fernando Garcia, o indicou à diretoria alvinegra, que não se empolgou muito com o negócio, mas, mesmo assim, deixou o técnico Marcelo Chamusca à vontade para avaliar a contratação.

Um complicador, nesse momento, para negociação seguir a diante é o longo período de inatividade do meio-campista. Ele está livre no mercado desde agosto, ou seja, são cinco meses afastado dos gramados.

Sua última partida foi na derrota do Coritiba por 1 a 0 para o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro de 2020. Na ocasião, Renê Júnior foi expulso no segundo tempo do confronto. Como não conseguiu se encaixar no time paranaense, ele foi devolvido ao Corinthians.

Além do tempo de inatividade, outro fato que faz o Botafogo não se empolgar com a possibilidade de contar com o jogador é o salário. No Coritiba, só para exemplificar, ele ganhava R$ 150 mil. No entanto, o valor era pago integralmente pelo Timão.

O Torcedores.com conversou com dirigentes do Botafogo, que asseguraram terem recebido contato da Elenko Sports. Contudo, o clube não apresentou proposta pelo volante. Ainda de acordo com essas fontes, a comissão técnica monitora outros jogadores para a posição.

No Botafogo, acreditam que a notícia do interesse em Renê Júnior, vazou justamente para que ele seja valorizado no mercado da bola. O clube só pretende se reunir com o representante do atleta, caso o jogador se enquadre na realidade financeira alvinegra para 2021.

A carreira de Renê Júnior

Nascido no Rio de Janeiro, Renê dos Santos Júnior surgiu para o futebol no Estácio de Sá-RJ EM 2007. No ano seguinte, foi contratado pelo Madureira onde atuou por três temporadas. Posteriormente, ele vestiu a camisa de oito clubes brasileiros.

Por aqui, Renê Júnior passou por Figueirense, Democrata-GV, Salgueiro, Mogi Mirim, Ponte Preta, Santos, Bahia, Corinthians e Bahia. No exterior, o volante defendeu o Guangzhou Evergrande, da China. Ao longo da carreira, o atleta conquistou a Super Liga da China (2014 e 2015), o Campeonato Paulista (2018) e a Copa do Nordeste (2017).

LEIA MAIS: 

Fora dos planos de Rúben Amorim, Sporting rescinde contrato com volante que interessa ao Bahia; saiba mais! 

Fortaleza e Paulão não chegam a um acordo e zagueiro se despede do clube; saiba os detalhes! 

Cuiabá negocia empréstimo, mas Botafogo tem condições para liberar Alexander Lecaros