10 gringos que chegaram badalados no Corinthians, mas acabaram não vingando

Com a confirmação da saída de Cazares, o Torcedores.com lista 10 gringos que chegaram no Corinthians cheio de expectativas, mas acabaram decepcionando

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Corinthians

Gamarra, Rincon, Tevez, Guerrero… o Corinthians já teve excelentes estrangeiros em sua gloriosa história. Mas alguns desses gringos também chegaram badalados no clube, e não corresponderam em campo.

Pensando nisso, e aproveitando a saída de Cazares rumo ao Fluminense, o Torcedores.com resolveu listar 10 gringos que não jogaram a bola esperada no Timão.

10 gringos que chegaram badalados no Corinthians, mas acabaram não vingando

Santiago Silva

‘El Tanque’ passou pelo Corinthians em 2002, e após apenas cinco jogos, saiu sem marcar nenhum gol.

Johnny Herrera

Em um tempo onde era difícil ser goleiro do Corinthians, Johnny Herrera chegou para ser titular absoluto. Mas logo surgiram falhas bobas, e o goleiro virou terceira opção naquele esquecível ano de 2006.

Acosta

Depois de boa temporada no Náutico, Acosta chegou no clube para a disputa da Série B de 2008. O uruguaio chegou a fazer gols importantes na Copa do Brasil daquele ano, mas ficou nisso. Logo foi negociado.

Bobadilla

Esse caso é curioso. O experiente Bobadilla chegou para ocupar a vaga de Felipe em 2010, após a saída do goleiro para o futebol português. Nesse meio tempo, Júlio César assumiu a titularidade e jogou simplesmente todos os jogos restantes daquele ano. Bobadilla saiu então no final daquela temporada, sem disputar nenhum jogo.

Defederico

O argentino chegou no meio de 2009, com status de ‘novo Messi’, mas ficou bem longe desse patamar. Teve um caso de amor com o banco de reservas em 2010, e logo foi transferido.

Martinez

Esse foi um caso que a concorrência atrapalhou mais que qualquer coisa. Martinez chegou logo após a conquista da Libertadores de 2012, e disputou posição com jogadores em excelente fase como Emerson Sheik, Romarinho e Jorge Henrique. Depois de 19 jogos e apenas dois gols marcados, o argentino acabou deixando o Corinthians.

Maldonado

Com excelentes passagens por Cruzeiro, Santos e São Paulo, Maldonado chegou ao Timão em 2013 após período em recuperação de lesão. O Corinthians apostou na sua volta por cima, mas o físico já não era o mesmo de outrora. Saiu após seis meses de clube.

Lodeiro

Lodeiro chegou nas vésperas de uma Copa do Mundo, onde seria um dos titulares do Uruguai. É pra criar expectativas, certo? Mas o meia com certeza foi um dos gringos que mais decepcionou a Fiel Torcida. Várias lesões e apenas sete jogos como titular. Logo foi negociado.

Boselli

Mais recentemente, o Corinthians contratou Boselli para ser a referência ofensiva do ano de 2019. Mas o argentino perdeu espaço para Gustagol e Vagner Love, e demorou a ter uma sequência de jogos. Quando teve, a bola pouca chegada devido ao esquema defensivo do clube. Em 2020, veio pandemia, veio Jô, veio crise, e Boselli nunca engrenou de vez no Timão. Por fim, não teve seu contrato renovado e partiu rumo ao Cerro Porteño.

Cazares

Fechamos a lista com o nome da vez, Cazares. Mesmo vindo de temporada ruim no Atlético-MG, o meia chegou cercado de expectativas, e até correspondeu em algumas partidas. Mas seu físico questionável e o pouco comprometimento sem a bola, fez com que o equatoriano aparecesse nesta nada agradável lista de gringos que decepcionaram com a camisa do Timão.

Siga o Torcedores no Instagram e no Twitter

LEIA MAIS
10 contratações que parecem mentira, mas aconteceram

E se a moda pega? Árbitro sérvio é preso após marcar pênalti inexistente

Corinthians deve manter Luan para duelo contra o São Bento; veja a provável escalação