Marc Gasol não esconde desconforto com chegada de Anre Drummond: “Situação difícil de engolir”

Pivô do Los Angeles Lakers não escondeu o que sentiu quando viu que atleta da mesma posição chegaria; declaração de Marc Gasol veio após vitória

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Em geral, contratações são temas que agradam torcedores de toda e qualquer equipe no planeta. Jogadores, entretanto, por vezes ficam ressabiados. Sobretudo se o novo atleta do elenco disputa posição com um profissional que já estava lá. Uma chegada ao Los Angeles Lakers desagradou Marc Gasol, pivô do Los Angeles Lakers, franquia da National Basketball Association (NBA).

Para reforçar o elenco, o Lakers contratou Andre Drummond, que estava no Cleveland Cavaliers. Ao ver o novo concorrente no garrafão de Los Angeles, Marc Gasol foi à imprensa falar o que pensa. Quando indagado, ele não escondeu o descontentamento: “É uma situação difícil de engolir, porque sei que estarei fora do time em algum momento”, disparou. A declaração foi dada no dia 02 de abril, após a vitória do LAL sobre Sacramento Kings por 11×94.

Além de Andre Drummond e Marc Gasol, o Lakers conta com Montrezl Harrell na posição de pivô.

Histórico

Como já dito, Andre Drummond estava no Cleveland Cavaliers antes de chegar ao Lakers. O pivô estava no Cavs desde 2020, sendo que ele foi selecionado no Draft NBA 2012 pelo Detroit Pistons. Já Marc Gasol, espanhol, foi revelado pelo Barcelona e atuou pelo Girona. A primeira equipe dele na NBA foi o Memphis Grizzlies, em 2008. Em 2019, ele foi para o Toronto Raptors e, na temporada seguinte, chegou à California.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL