Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mattos revela que o Palmeiras esteve próximo de contratar destaque do atual elenco em 2018: “Negócio esfriou”

Palmeiras teve interesse em contar com um atuais destaques do seu plantel

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Cesar Grecco/Ag.Palmeiras

Em entrevista ao “ESPN.com.br“, Alexandre Mattos revelou que, em 2018, o Palmeiras esteve próximo de contratar Rony. O nome foi aprovado pela comissão técnica e também pelos dirigentes, mas o acerto não ocorreu por conta de um empecilho que poderia prejudicar  Verdão. Isso porque o atacante viveu um litígio com o Albirex Niigata, e o departamento jurídico achou melhor não acertar com o atleta.

“No meio de 2018, quando eu vendi o Keno ao Pyramids, do Egito, nós contratamos o Rony para o Palmeiras. No entanto, ele estava em litígio com o clube japonês, e isso poderia virar um problema bem grave na Fifa depois. Um dia depois da venda do Keno, o Rony foi à Academia de Futebol do Palmeiras, fez exames médicos e foi aprovado. Em seguida, assinou um pré-contrato de cinco anos conosco”

“No entanto, nosso departamento jurídico achou muito arriscado contratá-lo, e não permitiu que a gente fechasse de vez o negócio sem chegar a um acordo com o Albirex. O Rony queria muito ir para o Palmeiras, ficou o dia todo em São Paulo conosco, então fomos conversar com os japoneses”, declarou.

OFERTA NEGADA

Sendo assim, uma proposta foi apresenta para o time japonês. Porém, a oferta foi negada, e Rony acabou indo para o Athletico algum tempo depois. Posteriormente, quando já estava no Palmeiras, o atleta chegou a ser suspenso, mas o imbróglio foi resolvido, impedindo que o camisa 7 virasse desfalque no Verdão.

“Enviamos uma oferta de US$ 1.5 milhão para os japoneses por 80% do passe do Rony, mas eles negaram. Depois disso, o negócio esfriou, o Rony acabou indo para o Athletico e os problemas que o departamento jurídico do Palmeiras tinha me avisado aconteceram mesmo”, completou.

Livre de qualquer pendência, Rony é uma das armas do Palmeiras na busca pelo bicampeonato da Libertadores. Nesta quarta (21), o atacante vai estar em campo no duelo contra o Universitario, fora de casa, pelo início da fase de grupos do torneio.

LEIA MAIS

Jornal espanhol aponta principais estrelas dos clubes brasileiros na Libertadores; veja nomes