Daniel Alves, Lahm ou Cafu? Rafinha elege melhor lateral-direito que viu atuar no futebol

Rafinha precisou realizar escolha difícil envolvendo grandes nomes do setor

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Convidado pelo programa “Esporte Espetacular“, Rafinha precisou cumprir o desafio de eleger o melhor lateral-direito que viu atuar. Dessa forma, dois nomes foram sendo colocados em um sistema de mata-mata, em que o preferido do jogador do Grêmio enfrentava outra opção do mesmo setor. Sendo assim, a disputa começou a ficar complicada no embate Daniel Alves x Maicon.

“Complicou. Não dá para escolher os dois não? Como já escolhi o Maicon duas vezes, vou escolher o Daniel. É o maior campeão, o jogador que mais tem títulos, esse baiano é fera”, declarou.

Apesar da classificação, Daniel Alves acabou sendo desbancando na fase seguinte. Isso porque o atleta do São Paulo foi superado por Lahm, ídolo do Bayern de Munique e que atuou com Rafinha no clube alemão.

“Briga boa, hein! Dois monstros sagrados. O Dani eu tive o prazer de estar na seleção, mas o ‘capita’ era perfeito. Vou ficar com ele. Aquele cara que ele ficou uns cinco anos sem errar um passe”, completou.

Por fim, o alemão perdeu a disputa decisiva para Cafu. Na visão de Rafinha, o capitão do penta está um degrau acima de todos os outros jogadores que foram citados, já que se trata de um nome que marcou época na lateral-direita.

“Aí não dá para o Philipp. O Cafu é um degrau acima. É outro calibre”, finalizou.

LEIA MAIS

Grêmio terá Vanderson e Rafinha testados juntos e aprova estreia com Tiago Nunes na casamata: “Fomos bem”