Meia do Lyon revela ameaças após lance polêmico com Neymar

Thiago Mendes foi expulso no clássico entre Lyon e PSG após acertar Neymar

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Getty Images

Rivais em campo, PSG e Lyon desenvolveram nos últimos anos verdadeiras hegemonias no futebol francês. Na última partida entre as equipes, um episódio polêmico envolvendo os brasileiros Thiago Mendes e Neymar deu muito o que falar.

Na ocasião, o ex-volante do São Paulo acertou Neymar ao tentar desarmar o atacante parisiense e acabou recebendo o cartão vermelho. Neymar deixou o gramado na maca aos prantos e ficou em tratamento por cerca de um mês. Após o ocorrido, Thiago Mendes foi suspenso por três jogos e gravou um vídeo pedindo desculpas ao atleta do PSG.

Entretanto, não foi o bastante para os fãs de Neymar, que utilizaram as redes sociais para ameaçar e xingar Thiago e seus familiares. Em entrevista ao ge.com, ele recorda com o tristeza.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

– Acho que foi difícil, não só para mim, mas para minha família, que sofreu ameaças, ligações, mensagem por todas as redes sociais. O dia seguinte para mim foi difícil, porque minha mulher relatou muito xingamento, muita ofensa, pessoas xingando meus filhos. Fiquei bastante chateado, cheguei a ficar um tempo sem rede social. Eu estava sofrendo um pouco com essa situação. Foi gente praticamente do mundo inteiro, mas foram mais brasileiros, xingando em português, ligando – lembra.

Neymar

Thiago diz que jamais teve a intenção de lesionar Neymar. Segundo ele, não houve maldade no lance.
– É futebol, a gente está sujeito a tudo naquele momento, mas quem conhece sabe que jamais fui maldoso com jogador nenhum, sabe que a intenção era pegar a bola naquele momento. Jamais fui com intenção de machucar o Neymar, jamais passou pela minha cabeça machucar um jogador brasileiro, um dos melhores do mundo. Naquele momento eu toquei a bola, e infelizmente o pé dele ficou – afirma Thiago.

Na classificação do Campeonato Francês, o Lyon é o quarto colocado com 64 pontos. São dois atrás do PSG, em segundo com 66. O líder é o Lille com 69.

LEIA MAIS: