“Grana alta” pode atrapalhar retorno de Dudu ao Palmeiras antes do fim da janela; entenda

Palmeiras aguarda definição do Al Duhail sobre a compra dos direitos econômicos do jogador

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação/Al-Duhail

Neste sábado (15) termina o prazo para o Al Duhail, do Qatar, avisar o Palmeiras que vai permanecer com o atacante Dudu pelos próximos anos. Após o aviso, o time árabe ainda terá mais 15 dias para efetuar o pagamento de 6 milhões euros (R$ 38 milhões na cotação atual) para comprar 80% dos direitos econômicos do jogador.

No entanto, caso o Al Duhail não cumpra o combinado, outra questão pode atrapalhar o retorno imediato de Dudu a tempo de ser regularizado novamente pelo Palmeiras e poder disputar as competições em andamento.

VEJA TAMBÉM: Dudu contraria informação sobre venda ao Al Duhail

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O atleta tem contrato de empréstimo que termina somente no fim de junho e salários R$ 4 milhões por mês, segundo o Blog do Nicola, no “Yahoo! Esportes“.

Ou seja, como a janela de transferências internacionais no Brasil vai se fechar no próximo dia 23, Dudu teria que abrir mão de R$ 3 milhões para retornar 45 dias antes do combinado.

Desta forma, o Palmeiras terá que chegar a um acordo com o ex-camisa 7 para que o retorno – caso o Al Duhail não o compre – seja rápido a tempo de regularizá-lo.

Caso isso não ocorra, o jogador só poderá ser regularizado quando a próxima janela de transferências internacionais for aberta, no dia 1º de agosto.

Desta forma, Dudu não poderia jogar as oitavas de final da Libertadores, os confrontos da 3ª fase – e eventual oitavas de final – da Copa do Brasil, no início de junho, além das dez primeiras rodadas do Brasileirão.

LEIA MAIS: