Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Gabriel Medina e Sally Fitzgibbons são campeões em Rottnest Island

Brasil dominou as etapas do circuito mundial da WSL na Austrália

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Matt Dunbar/World Surf League via Getty Images

Na madrugada de segunda (24) para terça-feira, Gabriel Medina e Sally Fitzgibbon se sagraram campeões da etapa Rottnest Search. O último campeonato da perna australiana, que já dura mais de dois meses, foi a cereja no bolo para os brasileiros. Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Tatiana Weston-Webb e Gabriel Medina venceram campeonatos na Austrália.

Para chegar até a final em Rottnest Island, Medina precisou vencer Kael Walsh, Owen Wright, Conner Coffin e Ítalo Ferreira. Na última bateria do campeonato, o brasileiro somou um 8,5 e uma nota 7. Seu adversário, o australiano Morgan Cibilic, só conseguiu surfar uma boa onda, e acabou somando apenas 7,17.

Esse foi o quarto confronto da temporada entre Medina e Cibilic, sendo que Gabriel venceu os três confrontos anteriores (em Pipeline, Newcastle e Narrabeen). Com a vitória em Rottnest Island, o brasileiro conquistou 2 das 4 finais que disputou e se consolidou na primeira colocação do ranking mundial. 

Essa também foi a segunda conquista de Gabriel Medina em um campeonato The Search, da Rip Curl. Em 2011, ele levou o título em San Francisco. Segundo o surfista, este é um dos troféus favoritos da sua vasta coleção e vencer um desses eventos sempre foi seu sonho.

No lado das mulheres, Sally Fitzgibbons foi a campeã. Na final, com notas 8,17 e 7,07, ela derrotou a francesa Johanne Defay, que somou 11,23. Para conquistar o seu primeiro título desde 2019 (quando venceu no Brasil), Fitzgibbons precisou eliminar Macy Callaghan, Malia Manuel e Tyler Wright.

Com a vitória de Sally, essa foi a primeira conquista de um australiano nas 4 etapas disputadas no país. Com o resultado, ela pula para a segunda colocação do ranking mundial, ultrapassando Tatiana Weston-Webb, que perdeu ainda na primeira rodada de eliminação em Rottnest Island.

Com o fim da perna da Austrália, o campeonato mundial faz uma pausa. A próxima etapa da WSL, que começa só em 18 de junho, será nas ondas artificiais do Surf Ranch, na Califórnia.

Leia Mais

Filipe Toledo e Tati Weston-Webb vencem Margaret River

Ítalo Ferreira é campeão em Newcastle

Gabriel Medina conquista título em North Narrabeen