Joia da base do Santos com passagem pela seleção renova contrato com multa milionária

Cadu assinou contrato com o clube paulista até setembro de 2023

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Ivan Storti/ Santos

O lateral-direito Cadu é considerado um dos jogadores mais promissores da base do Santos. Destaque do time sub-20, o jovem de 19 anos assinou a renovação de contrato com o clube até setembro de 2023. Além disso, o acordo prevê a extensão por mais uma temporada.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

A multa rescisória é de 50 milhões de euros (R$ 326 milhões, pela cotação atual) para clubes brasileiros. Por outro lado, o valor é mais alto para equipes internacionais: 100 milhões de euros (R$ 652 milhões).

Cadu tem impressionado a diretoria dentro e fora de campo graças as suas estatísticas acima da média pelo Santos. Em 2020, só para exemplificar, o capitão santista foi titular em todas as partidas do time no Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Paulista sub-20.

“É muito gratificante esse reconhecimento do Santos porque venho de duas lesões difíceis e tive total apoio do Clube e da minha família. Já estou quase 100% e treinando diariamente no CT Rei Pelé. A torcida pode esperar porque vou dar a vida em campo. Não vai faltar esforço e dedicação. E espero dar muita alegria para a nação santista”, disse ao site oficial do Santos.

Atualmente, o atleta está em fase final de recuperação de duas cirurgias no joelho esquerdo nos últimos meses. Ele realiza transição no gramado e na academia do Centro de Treinamento Rei Pelé. No entanto, ainda não tem data para voltar a atuar pelo Santos.

O Santos tem Pará e Madson como opções para a latera visando a disputa do Campeonato Brasileiro. Agora, o técnico Fernando Diniz aguarda a recuperação de Cadu para pode utilizá-lo na sequência da temporada.

A carreira de Cadu

Nascido em Matão, São Paulo, Carlos Eduardo Bertolassi da Silva chegou na Vila Belmiro em 2013. Ele, inclusive, é da mesma que geração que revelou Alexandre Tam, Caio Mota, Gustavo Cipriano, Kaio Jorge, Rodrygo e Yuri Alberto.

Em 2019, Cadu foi relacionado para cinco partidas pelo Campeonato Brasileiro. Contudo, o defensor não utilizado pelo técnico Jorge Sampaoli nos confrontos contra o Flamengo, Chapecoense, Bahia, Avaí e Botafogo. Além disso, o garoto conta com passagens pela seleção brasileira de base. 

LEIA MAIS: 

Fluminense estabelece condições para emprestar Ganso ao Santos, que oferece jogadores em troca 

Porto decide não renovar empréstimo, e ex-Santos será devolvido ao West Ham 

Santos busca rescisão amigável com zagueiro e planeja ‘fôlego’ financeiro até o fim do ano