Fluminense estabelece condições para emprestar Ganso ao Santos, que oferece jogadores em troca

Paulo Henrique Ganso tem contrato com o Tricolor das Laranjeiras até dezembro de 2023

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Merçon/ Fluminense

O Santos tem interesse na contratação de Paulo Henrique Ganso. O clube paulista deseja a chegada do meio-campista de 31 por empréstimo até dezembro de 2021. No entanto, esbarra nas condições estabelecidas pelo Fluminense, dono dos direitos econômicos do jogador.

O Torcedores.com apurou que o Fluminense não abre mão de receber uma contrapartida para liberar o camisa 10. Os pontos apresentados diretoria inclui o pagamento de um valor e mais o salário integral do atleta ou a cessão de um jogador escolhido pelo técnico Roger Machado.

Segundo informações obtidas reportagem, o Santos apresentou uma lista com seis atletas para avaliação da comissão técnica tricolor: o goleiro Vladmir, o lateral-direito Mikael, o zagueiro Cléber Reis, o volante Jobson e os atacantes Matheus Moraes e Jonathan Copete.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A diretoria do Santos tem interesse no Menino da Vila, mas com a situação financeira delicada após a gestão de José Carlos Peres, o clube não tem condições de empenhar muito dinheiro para buscar reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro.

O jogador do Fluminense é visto como uma grande contratação que agrada ao técnico Fernando Diniz. O Santos, no entanto, quer um acordo dividindo os vencimentos de Ganso. Por isso, um jogador pode ser envolvido na negociação.

A questão salarial é considerada um ponto a ser superado. Atualmente, Ganso ganha R$ 400 mil por mês nas Laranjeiras. Mas o valor não contempla a bonificação por metas atingidas ao longo do compromisso.

Paulo Henrique Ganso está autorizado para tratar da negociação com o Santos. Fora dos planos de Roger Machado, o meia disputou oito partidas e fez três gols com a camisa tricolor na atual temporada.

Os números de Ganso no Fluminense

Com passagem por Santos, São Paulo, Sevilla e Amiens, Paulo Henrique  Ganso, foi contratado pelo Fluminense em 2019. Ele foi o maior reforço da ‘era’ Pedro Abad, que sucedeu a Mário Bittencourt na presidência do clube. Nesse ínterim, o meia disputou 87 partidas e marcou nove gols. Seu contrato vai até dezembro de 2023.

LEIA MAIS: 

Empresário confirma proposta do Cuiabá por volante do Fluminense: “Ele quer ser útil à equipe”

Torcedores de Flamengo e Fluminense entram em confronto em ruas da Zona Norte; VÍDEO

Internacional tenta lateral por empréstimo, mas Fluminense só aceita negócio definitivo

Por onde andam os jogadores do último título Carioca do Fluminense?