Luciano ganha prêmio “Lei do Ex” e provoca o Corinthians: “Fui dado de graça”

Atacante atuou com a camisa do Corinthians entre 2014 e 2017, foi liberado de graça e acabou marcando no clássico do Paulistão

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Campeão estadual pelo São Paulo, o atacante Luciano venceu o prêmio “Lei do Ex” do prêmio de melhores do Paulistão 2021. Autor do gol do empate no clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena, o jogador provocou a equipe alvinegra, relembrando sua saída em 2017 para o Olympiacos, do futebol grego.

Reinaldo rebate Abel Ferreira após fala polêmica na final do Paulistão

“Ser campeão é muito gratificante. Agradecer também por esse prêmio. Fui campeão lá (Corinthians), sei da importância que tive lá, mas quando saí fui meio que dado de graça para outra equipe. Então, fico mais alegre ainda por isso, por eles olharem agora e verem o que o Luciano se tornou. Hoje sou um jogador importante para o São Paulo. É agradecer e comemorar porque o São Paulo está nas altas hoje”, disse Luciano.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

O atacante foi contratado em 2014, vindo do Avaí, e acabou conquistando o Campeonato Brasileiro de 2015. Nos anos seguintes, Luciano foi emprestado para o Leganés, do futebol espanhol, e o Olympiacos, da Grécia. Mesmo com vínculo até o fim de 2017, ele foi liberado de graça para a equipe europeia. O Corinthians, porém, manteve 25% dos direitos econômicos do atleta.

Luciano retornou ao futebol brasileiro em 2019 para jogar no Fluminense de Fernando Diniz. Após período curto no Grêmio, o atacante foi trocado com Everton e chegou ao São Paulo, reencontrando o técnico. Em 2020, o jogador foi artilheiro do Brasileirão, o melhor atacante e o destaque da equipe desde sua chegada. Neste ano, foi autor do segundo gol da final do Paulistão, contra o Palmeiras.