Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mourão não vê problemas com Copa América no Brasil: “Só dividir bem essas sedes”

Vice-presidente do Brasil acredita que a Copa América pode ser bem organizada no país

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Após a Conmebol oficializar a Copa América de 2021 no Brasil,  Hamilton Mourão se pronunciou sobre a escolha da entidade. Apesar do país sofrer com os efeitos da pandemia, motivo pelo qual a Argentina abriu mão de sediar o torneio, o vice-presidente não vê problemas na mudança. Isso porque a competição pode ser bem dividida no território nacional.

Além disso, Mourão ressaltou que o torneio vai ocorrer sem a presença de público. Apesar disso, segundo o “UOL Esporte”, caso a decisão aconteça no Maracanã, existe a possibilidade do estádio receber torcedores com capacidade reduzida, assim como aconteceu na Libertadores.

“Vamos dizer o seguinte, que é menos…. Não é que seja mais seguro, é menos risco. Não é mais. É menos. O risco continua. Não tendo público, não é problema. É só dividir bem essas sedes e acabou”, declarou na saída do Palácio do Planalto.

Em publicação nas redes sociais, Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, agradeceu Jair Bolsonaro e a CBF. Com aval do presidente e apoio da entidade que controla o futebol nacional, a federação sul-americana teve autorização para que a Copa América mudasse sua sede. Agora, resta saber se o calendário nacional, que contém a disputa do Brasileirão e Copa do Brasil, será afetado.

LEIA MAIS