Neymar revela quantos filhos ainda deseja ter e não esconde vontade de jogar ao lado de Cristiano Ronaldo

Possível parceria entre Neymar e CR7 pode acontecer no PSG

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução/Instagram

Em entrevista à revista “GQ Style”, Neymar falou sobre seus objetivos no futebol e fora dos gramados. Como renovou com o PSG, o camisa 10 deseja vencer o título da Champions League, troféu que é tratado como “obsessão” em Paris. Além disso, em sua vida pessoal, o atacante deseja ter mais dois filhos e fornecer companhia para Davi Lucca.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“De forma profissional, quero vencer a Copa do Mundo. Esse sempre foi o maior sonho da minha carreira. Mas também quero ganhar todos os títulos com o PSG, em especial a Liga dos Campeões. Tenho quase 30 anos e tenho uma boa carreira, mas a nível pessoal, quero ter mais dois filhos, para dar ao meu filho, David, alguns irmãos“, declarou.

CR7 E JOGOS MARCANTES

Sobre o jogador que desejaria atuar antes de encerrar a carreira, Neymar apontou Cristiano Ronaldo. O português já foi especulado no PSG, e uma saída da Juventus para atuar com o craque brasileiro pode ser uma das “bombas” da próxima janela de transferências.

“Eu escolheria Christiano Ronaldo  porque já joguei com grandes jogadores como Messi e Mbappé. Mas ainda não joguei ao lado do Ronaldo”, afirmou.

Sobre sua trajetória nos times que atuou, o atacante elegeu o jogo mais especial que viveu. Agora, o confronto escolhido pelo PSG pode ser mudado se o clube conseguir o feito de levantar a taça da Liga dos Campeões.

“Cada jogo é especial. Tenho muitos jogos e títulos importantes. Mas o jogo contra a Atalanta na temporada passada foi muito bom. Fiquei muito feliz  foi um jogo emocionante. Na seleção brasileira, no começo, o primeiro jogo contra os Estados Unidos foi muito importante para mim porque eu fiz o gol. No Santos, vencer a Copa Libertadores. E no Barcelona, ​​quando vencemos a Champions League. Portanto, cada equipe tem um momento importante para mim”, disse.

LEIA MAIS