Presidente do Benfica atua nos bastidores para Jorge Jesus pedir demissão

Mandatário máximo do Benfica articula plano para desligamento de Jorge Jesus ser concretizado

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação - Benfica

Após uma temporada sem títulos, Jorge Jesus vive uma grande pressão no Benfica. Isso porque o clube investiu milhões em reforços, mas o time não conseguiu engrenar em campo. Sendo assim, de acordo com o jornal “Record”, o clima entre o treinador e o presidente dos Encarnados, Luís Filipe Vieira, é de tensão.

Como não deseja pagar a multa rescisória do treinador, que ganha 3 milhões de euros (R$  19.5 milhões) por ano, o mandatário máximo do Benfica deseja que um pedido de demissão seja feito pelo ‘Mister’. Porém, a missão não será fácil, já que o profissional deixou claro que não costuma se despedir dos seus trabalhos com a marca de perdedor. Mesmo assim, nos bastidores, Vieira busca uma solução. Isso porque o diário conta que o presidente tenta articular que uma proposta tentadora chegue até as mãos de Jorge Jesus, algo que pode motivar seu desligamento.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Além disso, Jorge Jesus deve ter problemas para reforçar o time. Apesar de enxergar carências no elenco, o Benfica não está disposto a realizar grandes investimentos, e ainda pode vender algumas dos atuais jogadores do plantel para equilibrar as contas. O aproveitamento dos atletas que retornam de empréstimo também pode causar conflito, tendo em vista que o ex-comandante do Flamengo não aprovaria alguns dos nomes que estariam disponíveis.

Agora, resta saber se Jorge Jesus vai cumprir seu contrato até o final. Na próxima temporada, o Benfica vai precisar entrar na fase preliminar da Champions League, e uma nova eliminação precoce tem chances de decretar o fim da sua trajetória no clube português.

LEIA MAIS