Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

NBA: Lillard faz 55 pontos e bate recorde histórico, mas Denver vence Portland

Damian Lillard marcou 55 pontos e acertou doze bolas de três, um recorde histórico nos playoffs da NBA. Mas o Portland acabou sendo derrotado mesmo assim

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: DIvulgação

O Dever Nuggets venceu o Portland Trail Blazers por 147 a 140 após duas prorrogações e abriu 3 a 2 na série na primeira rodada dos playoffs da Conferência Oeste.

Porém, em um dos raros momentos do esporte, o jogo e seu resultado final se transformam em nota de rodapé depois da atuação história de Damian Lillard.

O craque do Trail Blazers anotou 55 pontos no jogo e acertou 12 bolas de três, o recorde histórico de bolas de três pontos obtidas por um jogador na história dos playoffs da NBA.

Lillard também foi o primeiro jogador da história da NBA ao conseguir marcar 50 pontos, 10 assistências e 10 bolas de três em um jogo da temporada regular ou dos playoffs.

Mesmo com toda essa atuação histórica, o Denver Nuggets conseguiu vencer muito graças à atuação de Nikola Jokic, que conseguiu 38 pontos, 11 rebotes e nove assistências, em uma das melhores marcas pessoais nos playoffs.

O Denver quase venceu no final do último quarto e da primeira prorrogação, mas Lillard acertou bolas de três pouco antes do estouro do cronômetro para empatar o jogo nas duas oportunidades.

Porém, quando mais precisou da ajuda de companheiros diante de marcação duplicada no segundo período da prorrogação, acabou ficando na mão devido aos constantes erros de arremessos.

Lillard marcou 17 dos 19 pontos do Portland nas duas prorrogações, mas não marcou novamente depois que sua 12ª cesta de 3 pontos em 17 tentativas que colocou o Blazers na frente por 140-138 com 3:47 restantes. Seus companheiros, também não marcaram.

Nikola Jokic, que marcou 38 pontos e deu uma assistência antes de um triplo-duplo, empatou a 140 com uma bandeja e Porter rompeu o empate com uma bola de três do canto esquerdo a 1:33 do fim.

Os Blazers ainda estavam apenas três pontos atrás até que um par de erros onerosos confirmou a derrota para o Denver Nuggets.

Primeiro, Robert Covington falhou numa enterrada a 41 segundos do fim e, em seguida, CJ McCollum pisou fora da quadra restando 9,1 segundos do fim enquanto Lillard estava se preparando para mais uma cesta de três pointos.

Monte Morris, que marcou 28 pontos fora do banco, acertou um par de lances livres com 8,8 segundos para selar a vitória, e Shaq Harrison adicionou mais dois pontos de lances livres com 3,8 segundos restantes.

Lillard quebrou seu próprio recorde de pontuação na franquia ao marcar mais de 50 pontos. O recorde anterior era contra o Oklahoma City em 23 de abril de 2019.

LEIA MAIS