Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Raio-X: como foram os últimos trabalhos de Jair Ventura, novo técnico da Chapecoense

Jair Ventura foi contratado para substituir Mozart Santos no Verdão do Oeste Catarinense

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Corinthians

A Chapecoense tem um novo técnico para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro: Jair Ventura. Depois de não chegar a um acordo com Luiz Felipe Scolari, o Verdão do Oeste Catarinense chegou a um acordo com o ex-comandante do Sport.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Desde a saída de Mozart Santos, Felipão era o nome preferido do presidente Gilson Sbeghen para assumir a Chapecoense, mas o treinador negocia sua ida para um clube asiático. Por isso, declinou ao convite do clube. Posteriormente, Jorginho rejeitou a oferta da Chape.

Em 2012, Jair iniciou sua trajetória como treinador nas divisões de base do Botafogo. Quatro anos depois, ele foi efetivado no lugar de Ricardo Gome. Nesse ínterim, tirou o time da zona de rebaixamento do Brasileirão e conseguiu vaga na Copa Libertadores da América de 2017.

Posteriormente, Jair Ventura comandou o Santos, Corinthians e Sport. Na sua passagem clube pernambucano, só para exemplificar, ele conseguiu evitar a equipe do time para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Esquema tático

No Botafogo, seu melhor trabalho até o momento, Jair Ventura tinha um sistema defensivo eficiente. Ele, inclusive, não abria mão de escalar o time com um ‘cão de guarda’ para dar liberdade para seus extremos.

O treinador armava o time alvinegro com o sistema 4-1-4-1. No entanto, fazia variações táticas entre o 4-2-3-1, 4-4-2 e 4-2-2. Jair Ventura não é adepto de improvisações. Ou seja, não espere ver um zagueiro atuando como volante. Com ele, é cada um no ‘seu quadrado’.

Na sua passagem pelo Sport, seu último trabalho, o treinador não abria mão de uma equipe ofensiva quando jogava na Ilha do Retiro. Por outro lado, fazia questão de armar estrutura defensiva sólida quando atuava fora seus domínios.

O treinador gosta de times mais verticais A bola longa em profundidade é uma das características que mais gosta de explorar. Ou seja, gosta de jogadores velozes pelos lados do campo e não abre mão de um legítimo camisa 9. E isso, com certeza será colocado em prática na Chapecoense.

Desempenho em outros clubes

O Torcedores.com listou os trabalhos de Jair Ventura. Vale destacar, antes de mais nada, que a reportagem listou somente seus trabalhos comandando equipes profissionais. Confira o desempenho dos times que treinou.

Botafogo

Jogos: 99

Vitórias: 45

Empates: 23

Derrotas: 31

Aproveitamento: 57%

Filho de Jairzinho, Furacão da Copa de 70, Jair Ventura viveu seu melhor momento no Botafogo entre 2016 e 2017. Nesse ínterim, o time foi o quinto colocado no Campeonato Brasileiro. Além disso, conquistou uma vaga na Copa Libertadores da América.

Santos

Jogos: 39

Vitórias: 14

Empates: 10

Derrotas: 15

Aproveitamento: 44%

Foi contratado após excelente trabalho no Botafogo. Ele chegou ao Santos prometendo resgatar o ‘DNA ofensivo’ alvinegro. Porém, isso não se tornou realidade. Posteriormente, foi demitido do clube após a pausa para a Copa do Mundo de 2218.

Corinthians

Jogos: 19

Vitórias: 4

Empates: 6

Derrotas: 9

Aproveitamento: 31%

Em setembro de 2018, foi contratado para substituir Osmar Loss no Corinthians. Com ele no comando, o Timão chegou à final da Copa do Brasil. No entanto, perdeu o título para o Cruzeiro. Além disso, o time flertou com o rebaixamento no Brasileirão.

Sport

Jogos: 45

Vitórias: 13

Empates: 9

Derrotas: 19

Aproveitamento: 37%

Comandou o Sport na campanha que garantiu a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. O feito, inclusive, lhe rendeu uma renovação de contrato até o fim de 2021. No entanto, o acordo foi rompido devido aos maus resultados na Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS: 

Chapecoense fecha com Jair Ventura para sequência da temporada 2021 

Remo anuncia mais dos nomes e chega a nove reforços para a sequência da temporada 

A pedido de Thomas Tuchel, Chelsea coloca meia do Benfica na lista de reforços