Rick Carlisle não retornará como técnico dos Mavericks após 13 temporadas

A saída de Rick Carlisle aconteceu um dia depois de o presidente de operações de basquete Donnie Nelson deixar o posto que ocupava há 24 temporadas

Luís Martinelli
Jornalista, fã de esportes americanos (NFL, NHL, MLB e NBA), futebol australiano e de fantasy sports. Criador dos @BlogNEJ, @BrasilFooty e @ViciadoFSports

Crédito: Divulgação/Dallas Mavericks

Nesta quinta-feira (17), o treinador Rick Carlisle anunciou que está de saída do Dallas Mavericks depois de 13 temporadas. A declaração foi divulgada em uma nota enviada à ESPN dos EUA. Anteriormente, na quarta-feira, Donnie Nelson, presidente de operações de basquete, havia deixado o cargo após 24 anos.

“Depois de conversas pessoais com Mark Cuban no decorrer da última semana, informei a ele hoje que não retornarei como head coach do Dallas Mavericks”, afirmou Carlisle no comunicado. “Esta foi uma decisão apenas minha. Minha família e eu tivemos uma experiência incrível de 13 anos trabalhando com ótimas pessoas em uma grande cidade”.

Rick Carlisle era o terceiro técnico há mais tempo no mesmo time antes de anunciar a sua saída dos Mavs. Só para ilustrar, o treinador que está comandando a equipe por mais tempo é Gregg Popovich (San Antonio Spurs) e o segundo é Erik Spoelstra (Miami Heat). Além disso, durante o seu tempo no Dallas, Carlisle tem campanha de 555-478, quebrando o recorde de vitórias na história da franquia. Por fim, o record do head coach com os Mavs em pós-temporada é de 33-38. Posteriormente ao título em 2010-11, o time falhou em passar da primeira rodada dos playoffs nas seis oportunidades que teve.

De acordo com fontes da ESPN norte-americana, o relacionamento tenso entre o agora ex-treinador dos Mavericks e o jovem astro Luka Doncic tornou-se um problema na organização. O esloveno várias vezes fez gestos animados enquanto discordava de uma decisão e gritava com ele na frente de assistentes e companheiros de time.

Assistente pode ser sucessor de Rick Carlisle

Jamahl Mosley, o qual trabalha como assistente técnico dos Mavs desde 2014-15, pode assumir o posto deixado por Carlisle. Isso porque Mosley possui uma boa relação com Doncic.

Mosley já foi entrevistado em offseasons recentes para ser treinador do Cleveland Cavaliers, New York Knicks e New Orleans Pelicans. Porém, em 2 de abril, o assistente assumiu como técnico principal no duelo contra os Knicks, em decorrência de um falso-positivo em um exame de COVID-19 de Rick Carlisle.

LEIA MAIS

NBA: Kawhi iguala recorde e Clippers forçam Jogo 7 contra os Mavericks

Stan Van Gundy deixa de ser treinador dos Pelicans após uma temporada

Scott Brooks não chega a acordo e não é mais treinador dos Wizards