Rony, Breno Lopes e Gabriel Menino negam presença em balada clandestina com Patrick de Paula

Patrick de Paula foi flagrado por membros da Mancha Verde dias após Lucas Lima ter passado pela mesma situação

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação.

Os jogadores Rony, Breno Lopes e Gabriel Menino, todos do Palmeiras, negaram presença em uma festa clandestina numa casa noturna no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo, na madrugada de domingo para segunda (21). A informação havia sido divulgada pela torcida organizada Mancha Verde, que compartilhou um vídeo do momento em que o Patrick de Paula foi flagrado por torcedores na saída do local.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Rony afirmou que estava na igreja e reforçou respeito pelos torcedores do Palmeiras, mas acima de tudo pela profissão e pela família. “Estão viralizando que eu estava em uma festa, enquanto, na verdade, estava na igreja com a minha família. Tenho o maior respeito por cada torcedor do Palmeiras e pelo clube, porém, acima de tudo, tenho respeito pela minha profissão e minha família. Tenham cuidado com essas informações, apurem e divulguem a verdade sempre, pois somos ser humanos. Temos deveres, direitos, mas temos dignidade e pessoas que nos amam e nos tem como exemplo”, escreveu o atacante.

+ Patrick de Paula é flagrado por torcedores do Palmeiras em festa clandestina; outros jogadores estariam no local

A assessoria de imprensa de Gabriel Menino também negou que o jogador estivesse presente na festa clandestina. “Diferentemente do que está sendo divulgado, o atleta Gabriel Menino do Palmeiras, não descumpriu nenhuma determinação do clube no último domingo. Após a vitória diante do América-MG, o atleta se dirigiu imediatamente para Itatiba, no interior de São Paulo, com a família, onde permaneceu até esta segunda-feira de manhã, quando retornou para treino do Palmeiras, marcado para as 10h. Gabriel tem seguido todos os protocolos do clube por conta da pandemia do Covid”, informou.

O atacante Breno Lopes também usou as redes sociais para negar participação no evento. “Acordei com algumas notícias dando conta que eu estaria participando de uma festa clandestina durante a última noite. Isso não é verdade! Gostaria de esclarecer que jamais desrespeitaria as normas impostas pelo clube. Tenho responsabilidade sobre a minha profissão e sobre o exemplo que somos para milhares de pessoas, principalmente num momento delicado como esse que estamos vivendo. Precisamos ter muito cuidado na divulgação desse tipo de notícia. O Palmeiras é a oportunidade da minha vida e todos sabem o quanto lutei para chegar até aqui.”

Diante das negativas dos atletas, a informação de que eles estariam na festa clandestina foi apagada por membros da Mancha Verde.

LEIA MAIS:
Abel Ferreira deixa ‘caso Lucas Lima’ para diretoria e fala sobre trio com contrato até dezembro
Patrick de Paula será multado por incidente com brinco; jogador pede desculpas: “Falhei e assumo meu erro”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes