Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Torcida do Corinthians pede a rescisão do contrato de Danilo Avelar

Jogador confirmou ser o autor de ato de injúria racial em jogo on-line

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Os reflexos envolvendo o caso de injúria racial do lateral do Corinthians, Danilo Avelar, não param. Um movimento feito por um grupo de torcedores do clube pressiona a direção para que o contrato do jogador seja rescindido imediatamente. Segundo a direção, providencias serão tomadas, mas não definiu ainda quais serão.

A direção corinthiana se reuniu nesta quarta-feira para debater os próximos passos. Primeiramente, o clube emitiu um comunicado no Twitter, repudiando a postura de Danilo nos acontecimentos. “O Sport Club Corinthians Paulista informa que tomou conhecimento do incidente que envolveu o nome do atleta Danilo Avelar nas redes sociais e que está apurando os fatos e o contexto. Atualizaremos nossa posição tão logo seja possível”, dizia a nota.

Em manifestação também na internet, o lateral-esquerdo admitiu que as ofensas foram escritas por ele no jogo. “Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo. Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral”, afirmou em parte do texto.

Danilo Avelar x CSGO

Depois que o caso foi divulgado, inúmeras são as críticas em torno da postura do jogador em uma partida on-line de Counter Strike disputada na noite da última terça-feira. Os relatos, confirmados pelo atleta, dão conta que o defensor utilizou termos preconceituosos para ofender um player. A Coliseum, plataforma que recebeu a partida na internet, baniu a conta de Danilo e de mais um envolvido. Nas redes sociais, a campanha pela rescisão de contrato do jogador agita os bastidores do clube.

LEIA MAIS:

Goleiro Paulo Victor volta a perder espaço no Grêmio

Holanda desafiará UEFA e governo húngaro nas oitavas da Eurocopa

Sarabia rebate críticas de Van der Vaart a Espanha: “Foi uma m** o que ele fez”