Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Arthur Nory recebe apoio de Diogo Soares: “É um campeão mundial!”

Arthur Nory recebeu palavras de incentivo vindas de Diogo Soares após eliminação precoce nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste sábado

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Gaspar Nóbrega/COB

Algumas horas após a eliminação de Arthur Nory nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste sábado (24), o atleta Diogo Soares publicou um vídeo em suas redes sociais.

Através dos stories no Instagram, Diogo gravou um vídeo onde exalta as qualidades atléticas de Arthur Nory, além de incentivar seu colega com as palavras “‘Levanta a cabeça princesa, senão a coroa cai, entendeu? Você é campeão mundial, Nory!”.

Nory foi eliminado dos Jogos ao ter falhado na apresentação dois aparelhos em que buscava uma vaga na final das Olimpíadas, pois apenas os oito melhores se classificavam.

Na barra fixa, Nory demonstrou confiança após sua apresentação ao sorrir bastante, mas a felicidade logo deu lugar à frustração com as notas abaixo do esperado dadas pelos juízes.

Nas classificatórias do solo, a situação foi ainda pior. A apresentação regular acabou se tornando em uma eliminação certeira quando Arthur Nory caiu sentado na última passada.

Arthur Nory ficou fora, mas Zanetti, Soares e Souza avançaram

Ainda em relação à ginástica brasileira, Arthur Zanetti (Argolas) e Diogo Soares (Individual Geral) passaram bem nas qualificatórias e conquistaram vagas nas finais.

Caio Souza também conseguiu classificação em duas modalidades diferentes: Salto e Individual Geral.

Porém, o Brasil não deve se classificar às finais por equipes. Após as apresentações do primeiro grupo (de oito seleções), o time brasileiro terminou em 7º lugar. No domingo (25), mais outras oito seleções se apresentarão.

Em entrevista à TV Globo após a eliminação, Arthur Nory desabafou e disse que desenvolveu quadros de “depressão e burnout” por causa do episódio de racismo, ocorrido em 2015 contra Ângelo Assumpção, que foi demitido pelo Pinheiro após relatar e provar os episódios racistas.

LEIA MAIS