Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em jogo com expulsões, Brasil vacila e só empata com a Costa do Marfim

Seleção esboçou uma “blitz” no final do confronto, contudo, não conseguiu emplacar segundo triunfo seguido nos Jogos Olímpicos

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Lucas Figueiredo - Divulgação - CBF

Após a vitória por 4 a 2 na estreia contra os alemães, o Brasil entrou em ação nesta manhã de domingo (25), diante da Costa do Marfim, tentando carimbar o seu passaporte às quartas de final das Olimpíadas, mas acabou empatando sem gols.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

O escrete canarinho jogou boa parte da partida com um homem a menos, uma vez que Douglas Luiz foi expulso, em lance polêmico, aos 13 minutos do primeiro tempo, após verificação no VAR. Já na reta decisiva, os africanos também perderam Kouassi pelo mesmo motivo.

COMO FICA?

Com o resultado, o Brasil chega aos quatro pontos, e por conta dos saldo de gols, segue na liderança do Grupo D. A Costa do Marfim fica na segunda posição, com um tento de saldo. O complemento da segunda rodada da chave será efetuado logo mais às 8h30, com o embate entre Alemanha e Arábia Saudita, que foram derrotados na estreia.

O próximo compromisso canarinho está agendado para quarta-feira (28), às 5h (de Brasília), diante da Arábia Saudita, em Saitama. Já os marfinenses encaram a Alemanha, no mesmo dia e horário.

O JOGO

Tendo tomado conhecimento da ofensividade do Brasil, os marfinenses vieram para o embate com uma postura mais defensiva, reforçada por uma linha de cinco jogadores. Com isso, Jardine recuou Douglas Luiz, dando maior liberdade aos laterais Daniel Alves e Arana. O plano, no entanto, acabou sendo desfeito após a expulsão do volante. Embora tenha ficado com um a menos, a Seleção não levou grandes sustos, com Santos aparecendo de forma tranquila, quando exigido.

Na volta do intervalo, mesmo sem mudanças, o Brasil melhorou a postura, segurando mais a posse de bola e criando algumas chances. Com o decorrer da segunda etapa, Jardine tornou o time ainda mais ofensivo, mas nenhum dos três atacantes acionados conseguiu balançar as redes adversárias.

FICHA TÉCNICA: BRASIL x COSTA DO MARFIM

Local: Estádio de Yokohama, em Yokohama (Japão)

Data e horário: Domingo (25/07), às 5h30 (de Brasília)

Motivo: 2ª rodada – Grupo D –  Olimpíadas 2020

Brasil: Santos; Alves, Carlos, Nino, Arana; Luiz, Guimaraes, Claudinho; Antony, Richarlison, Cunha.

Costa do Marfim: Ira Eliezer Tape, Quattara, Wilfried Singo, Eric Bailly, Kouadio-Yves Dabila, Ismael Diallo, Eboue Kouassi,, Amad Diallo, Franck Kessie, Max Gradel, Christian Kouame

LEIA MAIS: