Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Calderano agradece apoio após eliminação no tênis de mesa

Mesatenista chegou até as quartas de final, ma perdeu para o alemão Dimitrij Ovtcharov por 4 a 2 e deu adeus à chance de medalha

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Miriam Jeske / COB

Hugo Calderano já deixou seu nome na história do tênis de mesa do Brasil em Olimpíadas. O mesatenista disputou as quartas de final em Tóquio 2020, feito inédito na modalidade, mas acabou eliminado. O brasileiro usou as redes sociais para agradecer o apoio da torcida, depois de perder a chance de medalha para o alemão Dimitrij Ovtcharov.

“Hoje não deu. Obrigado por jogarem junto comigo e continuarem acreditando. Muito orgulho por levar o tênis de mesa do Brasil às quartas de final de uma Olimpíada. Vamos por mais!”, escreveu no seu no Instagram.

+Hugo Calderano lamenta eliminação no tênis de mesa: “Difícil descrever, é muita dor”

Desempenho

O desempenho de Hugo Calderano foi muito bom até metade da partida. No início, o mesatenista começou vencendo o jogo por  2 sets a zero. Mas levou a virada do alemão e perdeu, de virada, por 4 a 2, parciais de 11/7, 11/5, 8/11, 8/11 e 2/11.

Esta foi a primeira vez que um brasileiro chegou tão longe em Jogos Olímpicos, e a primeira vez que um dos atletas das quartas de final não era europeu ou asiático. Vale lembrar que muitos mesatenistas dos Estados Unidos são de origem asiática, como chineses, coreanos e japoneses.

Calderano ainda terá a chance de tentar medalha em Tóquio. Ao lado de Tsuboi e Victor Ishiy, o mesatenista tentará no próximo domingo (1/8), uma medalha no tênis de mesa por equipes masculino.

LEIA MAIS:

Olimpíadas: Confira a programação desta quinta-feira (29/07)

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Adriano Imperador manda recado para Simone Biles

Atleta que compete em piscina não pode ficar muito tempo na água por conta de doença rara