Copa América trouxe nova variante do coronavírus ao Brasil

Copa América terminou no último fim de semana, mas deixou uma nova variante do coronavírus no Brasil

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação-Conmebol/ Buda Mendes-Getty Images

Uma nova variante do novo coronavírus chegou a Brasil por causa da Copa América. Segundo reportagens dos jornais “O Estado de São Paulo” e “Folha de São Paulo”, o Instituto Adolfo Lutz identificou dois casos da variante B.1.621 no país após 12 exames realizados.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Os casos da nova variante no solo brasileiro foram encontradas no Mato Grosso. O estado hospedou as seleções do Equador e da Colômbia, que foi o país onde a variante foi encontrada pela primeira vez. De acordo com o jornal Correio Braziliense, as amostras dos infectados são de dois homens, de 37 e 47 anos, que vieram desses dois países.

“A confirmação foi feita pelo Laboratório Estratégico do Instituto Adolfo Lutz, por meio do sequenciamento genético de amostras de SARS-CoV-2 enviadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Mato Grosso, que procedeu alerta ao National Influenza Center/Núcleo de Doenças Respiratórias no Instituto, para que os casos fossem investigados”, disse em nota o instituto.

O instituto ainda destaca que o vírus sequenciados possuem mutações que “podem estar associadas a um maior potencial de transmissão”.

Nesta segunda, dois dias após a final da Copa América, conquistada pela seleção argentina diante do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro ‘comemorou’ o sucesso da organização e disse que o número de mortes caiu durante o evento.

“Quando decidi que a Copa América ia ser no Brasil, lembram o que o Renan (Calheiros) falou? ‘A Copa das mortes’. Passaram-se 30 dias, o número de óbitos caiu bastante, de infecções também. As narrativas deles não se sustentam”, disse ele em conversa com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada.

LEIA MAIS: