Cruzeiro chega a sete jogos seguidos sem vitória e vive situação complicada na Série B do Brasileirão

Com a derrota para o Remo pelo placar de 1 x 0, Cruzeiro segue na zona de rebaixamento da Série B

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Bruno Haddad / Cruzeiro

Na última terça-feira (21), o Cruzeiro encarou o Remo fora de casa pela 13ª rodada da Série B do Brasileirão. E mais uma vez a Raposa decepcionou sua torcida. A equipe foi derrotada pelo placar de 1 x 0 e ainda teve Matheus Barbosa expulso no segundo tempo. Com o resultado o clube termina a rodada na 17ª posição, com 11 pontos conquistados e um jejum de vitórias que preocupa seus torcedores.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Isso porque o Cruzeiro não vence há sete jogos. A última vitória foi contra o Vasco, no dia 24 de junho. Após esta partida, a equipe foi derrota pelo CSA, Avaí e Remo e empatou com o Cruzeiro, Brasil de Pelotas, Coritiba e Botafogo. Além disso o clube venceu apenas duas das 13 partidas disputadas.

Retorno para a Série A do Brasileirão em risco

Apesar de ainda ter 25 jogos pela frente, a equipe mineira já vê o retorno para a Série A mais distante. Hoje a diferença para o Goiás, quarto colocado, já é de 12 pontos. Conforme cálculo do site Probabilidades no Futebol, o Cruzeiro tem apenas 1,1% de chance de ficar entre os quatro primeiros colocados da Série B do Brasileirão. Seria necessário que o clube tivesse um aproveitamento de 60% no restante da competição para disputar a primeira divisão em 2022.

Por outro lado, o rebaixamento para a Série C é uma preocupação séria para o clube. O mesmo site aponta que hoje o Cruzeiro tem 46,8% de chances de disputar a terceira divisão na próxima temporada.

LEIA MAIS:

Mozart volta a dizer que não irá pedir demissão do Cruzeiro: “Pode ter certeza que não irei fazer isso”

Com gol de voleio, Remo vence Cruzeiro pela Série B; assista ao golaço