Olimpíada de Tóquio: após doping, Brasil tira atleta de lista da disputa

Fernanda Borges, do lançamento de disco, foi flagrada no exame antidoping no começo do mês; no último domingo (18), teve seu nome retirado da lista publicada no site do COB (Comitê Olímpico Brasileiro)

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Miguel Schincariol /Getty Images

O Time Brasil perdeu mais uma de suas atletas para a Olimpíada de Tóquio. A menos de uma semana do início oficial dos Jogos, Fernanda Borges, do lançamento de disco, teve seu nome retirado da convocação publicada no site do COB.

Fernanda, 32, havia sido flagrada no exame antidoping no início de julho pelo uso da substância Ostarine, um anabolizante — proibida pela Wada (Agência Mundial Antidoping) —, e ainda aguarda a o seu julgamento. Ainda assim, no último domingo (18), foi retirada da lista de participantes, indicando sua ausência na maior competição do esporte mundial.

A atleta do lançamento de disco tinha a classificação para Tóquio em abril deste ano. Em competição nos EUA, ela, conseguiu o índice olímpico ao com um arremesso de 64,12m, o que também rendeu a vitória na prova. Antes, em 2019, tinha sido medalhista de prata no Pan-Americano — curiosamente herdando-a de outra brasileira flagrada no doping, Andressa Morais.

A ausência de Fernanda Borges da Olimpíada de Tóquio é a segunda com a qual o Time Brasil tem de lidar. Fernando Santos, do levantamento de peso, foi pego no doping na última sexta-feira (16),  por uso de Hormônio do Crescimento, e também cortado da edição de 2021 dos Jogos.

LEIA MAIS

Usain Bolt fala sobre Olimpíadas de Tóquio sem torcida e aponta favorito para vencer os 100m

Com Formiga no topo e cheio de brasileiras: Confira as jogadoras que mais vezes estiveram presente em partidas nas Olimpíadas

Confira as seleções com maiores chances de medalha de ouro no futebol masculino

Confira as seleções com maiores chances de medalha de ouro no futebol feminino

Olimpíadas de Tóquio: Nadadores russos são liberados para competir