Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fórmula 1: Saiba tudo sobre o GP da Hungria, que acontece neste final de semana

Pilotos voltam a pista neste final de semana e disputa pelo título segue aquecida no GP da Hungria 2021

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: Créditos: F1 Official WebSite

A briga pelo título da Fórmula 1 2021 segue mais quente do que nunca. Neste final de semana, acontecerá o GP da Hungria, a 11ª etapa desta temporada. Max Verstappen, da Red Bull Racing, lidera o Mundial de Pilotos com 185 pontos, 8 pontos a frente do segundo colocado e sete vezes Campeão do Mundo, Lewis Hamilton, que tem 177 pontos. Em terceiro, Lindo Norris, da McLaren, com 113 pontos.

O GP da Hungria promete esquentar os motores do final de semana. Na última etapa, uma colisão entre Hamilton e Verstappen aqueceu os ânimos dentro e fora das pistas. Geralmente marcado pelo forte calor, o Circuito Hungaroring tem previsão de estar com aproximadamente 30º de temperatura. No ano passado, Lewis Hamilton chegou em primeiro, com Max em segundo, entretanto, neste ano, o piloto da Red Bull e líder do campeonato é o favorito.

ACOMPANHE O GP DA HUNGRIA:

Sexta-Feira,30 de Julho
Treino Livre 1, das 6:30h às 7:30h, na BandSports
Treino Livre 2, das 10:00h às 11:00h, na BandSports

Sábado, 31 de Julho
Treino Livre 3, das 07:00h às 08:00h, na BandSports
Classificação, das 10:00h às 11:00h: TV Bandeirantes e BandNews FM

Domingo, 01 de Agosto
Corrida, à partir das 10:00h, na TV Bandeirantes e BandNews FM (a transmissão começa às 09:30h).

SOBRE O GP DA HUNGRIA

O Circuito de Hungaroring tem 4.381km e a corrida será disputada em 70 voltas. Existem duas zonas de ativação do DRS (asas abertas). A primeira na detecção antes da curva 14 e ativação na reta dos boxes e após a curva 2.

O recorde da pista, em corrida é de 1min16s627 do piloto Lewis Hamilton, da Mercedes. Lewis cravou esse tempo na corrida de 2020.

Essa pista é uma das mais travadas da temporada, o que favorece a Red Bull, que historicamente, cresce nesse tipo de circuito. A pista também traz boas lembranças para Max Verstappen, pois foi onde ele conquistou sua primeira pole position, em 2019.

Apesar disso, na última corrida por lá, Lewis Hamilton conseguiu completar uma volta de vantagem em 14 dos 20 pilotos que começaram o Grid e ainda conseguiu fazer uma parada a mais do que o rival Max.

Freadas fortes e muitas curvas em sequência exige muito cuidado dos pilotos, principalmente em relação ao superaquecimento dos pneus, fazendo com que eles sejam obrigados a correr com uma estratégia muito bem definida. A principal chance de ultrapassagem é na primeira curva após a reta principal, que tem 800m de distância. A segunda curva também tem boas chances de ultrapassagem, se o piloto conseguir uma boa tração por fora na primeira curva.

Desde 1986, o GP da Hungria é disputado, de forma consecutiva, sendo a segunda etapa mais longeva da Fórmula 1, ficando atrás somente de Monza, que não ficou fora de nenhuma temporada desde 1981.

HISTÓRICO DOS BRASILEIROS

Ayrton Senna, Nelson Piquet e Rubens Barrichelo já subiram no lugar mais alto do pódio do GP da Hungria. Senna e Piquet por cinco vezes. Rubinho apenas uma vez, em 2002. Felipe Massa não teve a mesma sorte. Foi nessa pista que sofreu um grave acidente nos treinos de classificação em 2009.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DOS PILOTOS 2021

  1. Líder – Max Verstappen (Red Bull) – 185 pontos
  2.  Lewis Hamilton (Mercedes) – 177 pontos
  3. Lando Norris (McLaren) – 113 pontos
  4. Valteri Bottas (Mercedes) – 108 pontos
  5. Sérgio Perez (Red Bull) – 104 pontos
  6. Charles Leclerc (Ferrari) – 80 pontos
  7. Carlos Sainz (Ferrari) – 68 pontos
  8. Daniel Ricciardo (McLaren) – 50 pontos
  9. Pierre Gasly (AlphaTauri) – 39 pontos
  10. Sebastian Vettel (Aston Martin) – 30 pontos
  11. Fernando Alonso (Alpine) – 26 pontos
  12. Lance Stroll (Aston Martin) – 18 pontos
  13. Esteban Occon (Alpine) – 14 pontos
  14. Yuki Tsunoda (Alpha Tauri) – 10 pontos
  15. Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) – 01 ponto
  16. Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) – 01 ponto
  17. George Russel (Williams) – 00 ponto
  18. Mick Schumacher (Haas) – 00 ponto
  19. Nicholas Latifi (Williams) – 00 ponto
  20. Nikita Mazepin (Haas) – 00 ponto

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DOS CONSTRUTORES 2021

  1. Red Bull Racing – 289 pontos
  2. Mercedes – 285 pontos
  3. McLaren – 163 pontos
  4. Ferrari – 148 pontos
  5. Alpha Tauri – 49 pontos
  6. Aston Martin – 48 pontos
  7. Alpine – 40 pontos
  8. Alfa Romeo – 02 pontos
  9. Williams – 00 ponto
  10. Haas – 00 ponto